CADASTRE-SE AINDA HOJE E GANHE R$10*

Mauricio Szapiro e Erik Nako,
curadores de vinho e gastronomia

Aproveite os melhores vinhos e produtos gastronômicos do mercado, selecionados por chefs e sommeliers tão apaixonados pela boa mesa como você.


Quero me cadastrar

Já é cadastrado?
Faça seu login

oferta
(11) 3090-6073 / (21) 4042-2446 - Seg. à Sex. das 10h às 19h

Westend Estate Cool Climates Series Tempranillo

De R$ 128,00 por Preço Exclusivo para cadastrados
CADASTRE-SE

Westend Estate Cool Climates Series Tempranillo

New South Wales, Hilltops • Austrália

Tempranillo na Austrália?

De R$ 128,00 por



ESTA OFERTA ESTÁ ENCERRADA
Cadastre-se hoje, ganhe R$ 10 de créditos


Com a palavra, o sommelier:

Você pode até estranhar um vinho australiano feito com a mais famosa das uvas espanholas, mas garanto que o Westend Estate Tempranillo, da linha Cool Climates, vai lhe surpreender. Ao contrário de um pungente tinto espanhol feito em Toro, por exemplo, temos aqui um vinho elegante, fresco e, pode-se dizer até mesmo, suave.

A proposta da linha Cool Climates está focada na produção de vinhos de alta qualidade a partir de pequenas parcelas de diferentes uvas com grande intensidade de sabores e aromas. As uvas, colhidas manualmente e cuidadosamente selecionadas, vêm da região de Hilltops, em New South Wales. Hilltops, perto da cidade de Young, é uma área vitivinícola relativamente recente e tende a criar uvas para vinícolas de fora de região.

Essa proposta define um pouco o cenário vitivinícola australiano. Livre de rigorosas regras de produção – diferentes de muitos países europeus -, o país transformou como nenhum outro o mercado de vinhos em uma poderosa e grandiosa indústria: foi pioneira na modernização e aceleração da produção; substituiu as tradicionais rolhas de cortiça e adotou o sistema “screw cap”, rolhas de rosca muito mais fáceis e baratas; contou com fortes investimentos em propaganda; plantou uma infinidade de uvas e castas europeias que logo se adaptaram ao rico e diversificado terroir australiano; elaborou técnicas de plantio e cultivo para que todas as castas pudessem originar vinhos de grande qualidade. Apesar de a uva Syrah (ou Shiraz) ser bastante associada ao país, não existe uma casta única que simbolize a viticultura na Austrália.

Este Cool Climates Tempranillo está pronto para beber ou, se você preferir, também pode guarda-lo por seis anos. Em seu The Big Red Wine Book 2009/10, Campbell Mattison elegeu esse tinto como a “Escolha do Autor”. Fora isso, o vinho ainda recebeu 87 pontos de James Halliday, um conhecido escritor de guias de vinhos da Austrália.

Notas de Degustação:

Muito escuro, com aromas intensos de frutas vermelhas maduras, terra, com especiarias como cravo e pimenta, e nota floral. Na boca, boa pegada, elegante, longo, com acidez e taninos se equilibrando. No giro da taça, vão aparecendo novas camadas de aromas.

Harmonização:

Servir com frango assado com purê de cenoura e aspargos, ou então, uma carne gordurosa, de caça ou assada.

Mauricio Szapiro

... é engenheiro, enófilo e entusiasta. Há mais de 10 anos é membro da ABS-Rio, atua como sommelier, modera grupos de degustação e é autor do “Momentos Divinos”, caderno de anotações e memórias enológicas. Não satisfeito, segue adiante em busca de novos sabores e experiências.

Detalhes

O que você recebe:
1 garrafa x 750ml

Composição:
100% Tempranillo

Estilo:
Tinto

Teor Alcoólico:
14%

Safra:
2008

Envelhecimento:
12 meses em barricas de carvalho francês

Mais sobre Westend Estate:

Criada por emigrantes italianos em 1945, na região de Riverina, Austrália, a vinícola Westend produz hoje cerca de cinco milhões de litros de vinho por ano. Riverina é a segunda maior região viticultora australiana, de onde saem 70% dos vinhos do Estado de Nova Gales do Sul, famosa por seus vinhos de sobremesa estilo Sauternes. O herdeiro da vinícola, Bill Calabria contribui, nos últimos anos, para elevar a qualidade dos rótulos produzidos na região, projetando assim os vinhos australianos no resto do mundo. Por ironia do destino, Bill é alérgico à bebida que fabrica, mas sabe exatamente como escolher os profissionais certos para garantir ótimos vinhos.

Outras fontes:

http://www.westendestate.com.au/index.php

http://www.kmmvinhos.com.br/

A Austrália não vive apenas da Shiraz (ainda bem)
por Bruno Agostini (Revista Globo, 28.08.2012)