CADASTRE-SE AINDA HOJE E GANHE R$10*

Mauricio Szapiro e Erik Nako,
curadores de vinho e gastronomia

Aproveite os melhores vinhos e produtos gastronômicos do mercado, selecionados por chefs e sommeliers tão apaixonados pela boa mesa como você.


Quero me cadastrar

Já é cadastrado?
Faça seu login

oferta
(11) 3090-6073 / (21) 4042-2446 - Seg. à Sex. das 10h às 19h

Trio Inurrieta: Sur, Mediodia, Orchidea

De R$ 202,00 por Preço Exclusivo para cadastrados
CADASTRE-SE

Trio Inurrieta: Sur, Mediodia, Orchidea

Navarra • Espanha

Espanha em 3 cores

De R$ 202,00 por



ESTA OFERTA ESTÁ ENCERRADA
Cadastre-se hoje, ganhe R$ 10 de créditos


Com a palavra, o chef:

Já pensou numa experiência destas? Três vinhos espanhóis, três cores diferentes, uma mesma região. Então, a hora é essa. Escolhemos Navarra, uma região que já foi um reino independente e acabou se dividindo entre a França e a Espanha. Por acaso de lá vem minha família, antes de aportar nas Minas Gerais. 

Situada às margens do Rio Ebro, a região é uma das mais novas D.O. espanholas e se distingue bastante das outras. Muitas das uvas usadas em Navarra também são tradicionais na França, sobretudo a Garnacha - ou Grenache -, mas mesmo assim a região mantém sua identidade própria e tem ficado famosa por vinhos de excelente custo/qualidade. Os rosados de Navarra sempre se destacaram, mas os tintos tem chamado cada vez mais atenção. Em geral, são vinhos elegantes e não tão potentes quanto os da vizinha Rioja, mas muito redondos e agradáveis.  

O Inurrieta Sur mescla as uvas Garnacha e Graciano, que misturadas à potente Syrah deixam este vinho extremamente equilibrado. Um vinho que foge do óbvio e nos faz lembrar da complexidade geográfica da região, entre os Pirineus e as planícies do Ebro. De acordo com o crítico Hugh Johnson, para os tintos de Navarra, as safras 2007, 2008 e 2009 foram consideradas excepcionais.

Já o Orchidea foi batizado em homenagem às cem espécies de orquídeas que embelezam os campos de Navarra. Produzido integralmente com uvas Sauvignon Blanc, este rótulo é nobre em complexidade aromática e sabor. Para os críticos do Guia Peñin, a safra 2010 foi excelente, merecedora dos 92 pontos recebidos!

O rosado, um varietal de Garnacha, é batizado de Mediodía. O nome não poderia ser mais apropriado, pois estamos falando de um vinho inspirador, como o sol da região. O ano de 2010 proporcionou uma primavera fresca com geadas tardias e granizo, resultando em uma boa maturação das uvas e agregando complexidade ao vinho.

Vale a pena conhecer esta diferente região que deu origem ao trio Inurrieta, pois todas as premiações que receberam esses rótulos não nos deixam dúvidas quanto à sua qualidade. 

Notas de degustação:

Inurrieta Sur 2008:
Cor violeta intensa e nariz de frutas vermelhas com toques defumados. Boca completa e equilibrada. Um vinho de caráter singular, muito redondo e agradável.  

Inurrieta Orchidea 2010:
Tonalidade amarelo palha, brilhante e cristalino. Seus aromas de frutas tropicais, como abacaxi e maracujá, surpreendem no nariz e já chamam atenção desde o primeiro momento. Em seguida, surgem toques vegetais. É um Sauvignon que se destaca entre a multidão. Na boca é untuoso e mostra logo ao que veio. 

Inurrieta Mediodía 2010:
Cor rosa médio clara com reflexos violáceos. A cereja predomina no aroma que também mostra morangos e um toque floral, sobretudo de rosas. Boca fresca e untuosa, com acidez no ponto certo. 

Harmonização:

São vinhos ideias para as tapas espanholas. O Sur, tinto, vai perfeitamente bem com embutidos, como chorizos, fuets e presuntos. Combine o Sauvignon Blanc com queijos frescos, sobretudo os de cabra. Esta é uma combinação clássica que nunca pode dar errado, e também vai muito bem com salmão defumado. Para o rosado, pratos leves de massas com legumes são a melhor escolha. 

Cristiano Lanna

... vive entre livros, panelas e taças. Depois de se formar em engenharia, o chef se entregou de vez a paixão pela gastronomia e aos poucos foi estendendo seus conhecimentos para mundo dos vinhos. Com toda essa experiência, se tornou chef e sócio do bar italiano Prima Bruschetteria e dá aulas na ABS-Rio.

Detalhes

O que você recebe:
1 garrafa X 750 ml (Inurrieta Sur 2008)
1 garrafa X 750 ml (Inurrieta Orchidea 2010)
1 garrafa X 750 ml (Inurrieta Mediodia 2010) 

Inurrieta Sur
Estilo: Tinto
Safra: 2008
Composição: Garnacha, Syrah e Graciano.
Teor alcoólico: 15%
Envelhecimento: 6 meses em barricas de carvalho americano
Premiações: Mejor Tinto Roble – Club de Sommeliers de Navarra 2011

Inurrieta Orchidea 2010
Estilo: Branco
Safra: 2010
Composição: 100% Sauvignon Blanc
Teor alcoólico: 13%
Envelhecimento: Tanques de Aço Inox
Premiações: Guia Peñin 92 pontos
Medalla de Oro. Challenge International Du Vin 2011
Mejor Blanco D.O. Navarra 2011

Inurrieta Meidiodia
Estilo: Rosé
Safra: 2010
Composição: 100% Garnacha
Teor alcoólico: 14%
Envelhecimento: Tanques de Aço Inox
Premiações: Mención Especial. International Wine Challenge 2011
Mejor Rosado D.O. Navarra 2011

Mais sobre a Bodega Inurrieta:

A palavra Inurrieta faz referência às terras dos antepassados da família Arriola, que cultivam vinhos há quase um século na região de Navarra, Espanha. Fundada em 1999, a bodega está localizada em Miranda de Arga, às margens do rio Arga, bem no coração de Navarra. Suas vinhas estão situadas em um microvale na Ribeira Alta de Navarra, onde a vinícola possui 230 hectares de parreiras cultivadas a uma altitude de 300 a 480 metros. Sob a responsabilidade do enólogo Kepa Sagastizabal, Inurrieta produz rótulos que fogem do óbvio e têm sido cada vez mais aclamados por sua relação custo/qualidade. 

Outras Fontes:

http://www.bodegainurrieta.com

http://www.b-cubo.com.br