CADASTRE-SE AINDA HOJE E GANHE R$10*

Mauricio Szapiro e Erik Nako,
curadores de vinho e gastronomia

Aproveite os melhores vinhos e produtos gastronômicos do mercado, selecionados por chefs e sommeliers tão apaixonados pela boa mesa como você.


Quero me cadastrar

Já é cadastrado?
Faça seu login

oferta
(11) 3090-6073 / (21) 4042-2446 - Seg. à Sex. das 10h às 19h

Trio de Azeites Extra Virgem 1492: Arbequina, Frantoio e Picual

De R$ 54,00 por Preço Exclusivo para cadastrados
CADASTRE-SE

Trio de Azeites Extra Virgem 1492: Arbequina, Frantoio e Picual

Maule • Chile

Um azeite para cada gosto

De R$ 54,00 por



ESTA OFERTA ESTÁ ENCERRADA
Cadastre-se hoje, ganhe R$ 10 de créditos


Com a palavra, o chef:

Quando se pergunta a alguém de que vinho gosta, sempre ouvimos opiniões fortes. Quase todo bebedor de vinho tem a uva de sua preferência. Pode ser a Cabernet Sauvignon, encorpada e difundida no mundo todo, a Merlot, delicada e muitas vezes subestimada, ou até uvas menos conhecidas, autóctones, como a portuguesa Trincadeira, forte e vegetal.

E o que estas mesmas pessoas respondem quando se pergunta que azeite prefere? Provavelmente dizem uma marca, ou um país, mas muito raramente dizem a azeitona com a qual o azeite foi produzido. Assim como os rótulos de vinhos, que durante muito tempo não informavam quais as uvas que os compunham, os vidros de azeite também não costumam dizer. Aos poucos, começamos a ver nas prateleiras nomes como: Arbequina, Frantoio, Picual, Calamata, Hojiblanca, entre muitos outros. E os azeites produzidos com cada tipo de azeitona geram resultados bem diferentes.

Sou um fã da Picual, variedade de origem espanhola, levemente picante e amarga com aromas bem vegetais e potentes. Mas como todo bom bebedor de vinho, e consumidor de azeite, sei apreciar o fato de sempre ter vários rótulos em casa, para poder aproveitar o melhor de cada um e casá-los da melhor maneira com o prato que estou preparando.

Esta experiência, você poderá fazer com este trio. Todos os 3 azeites são preparados de maneira artesanal, com azeitonas selecionadas e prensadas à frio. Assim é possível perceber as características de cada azeitona, uma vez que o processo e o terroir são os mesmos. A qualidade de todos é indiscutível, pode-se ver por todos os prêmios já conquistados. Abaixo segue uma descrição das especificidades de cada azeite.

Frantoio:
Produzido com azeitonas de origem italiana, este azeite tem corpo médio com aroma frutado que também lembra ervas frescas. Seu sabor é levemente picante em contraste com um toque adocicado. Possui uma bela cor verde amarelada.

Arbequina:
Feito com uma das azeitonas mais difundidas, possui um caráter fresco e elegante. Com sua cor verde pálida e levemente amarelada, é o de sabor mais delicado dos três. Seus aromas lembram maçãs verdes e possui um bom gosto amendoado

Picual:
O mais expressivo e encorpado, porém extremamente equilibrado entre amargos e picantes. Um belo exemplo desta variedade de origem espanhola que se adaptou perfeitamente ao clima do Maule. Aromas de tomate e pimentões e grande persistência. 

Cristiano Lanna

... vive entre livros, panelas e taças. Depois de se formar em engenharia, o chef se entregou de vez a paixão pela gastronomia e aos poucos foi estendendo seus conhecimentos para mundo dos vinhos. Com toda essa experiência, se tornou chef e sócio do bar italiano Prima Bruschetteria e dá aulas na ABS-Rio.

Detalhes

O que você recebe:
3 garrafas X 250ml (1 arbequina, 1 frantoio e 1 picual)


Estilo:
Azeite Extra Virgem

Acidez máxima:
0,2 % 

Composição:
100% azeite de oliva 

Prêmios:

Los Angeles Extra Virgin Olive Oil Competition - EUA:

Arbequina: “best of class” – frutado médio
Arbequina: medalha de ouro – frutado médio
Picual: medalha de prata – frutado intenso

 

12º Concorso Internazionale Oli da Oliva “L’Orciolo D’Oro” 2010 - Itália:

Picual: segundo lugar – frutado intenso
Frantoio: “distinzione” – frutado médio
Arbequina: “distinzione”- frutado médio

Mais sobre a Olivares de Quepu:

Fundada em 1999 na região do Maule, a Olivares de Quepu se compromete a produzir somente azeites de altíssima qualidade. A empresa controla toda a cadeia vertical de produção, desde o plantio das oliveiras ao engarrafamento do azeite, garantindo a qualidade máxima em seus produtos. Seus azeites são a pura expressão da região do Maule, com seu clima muito próximo ao do Mediterrâneo, porém levemente mais frio o que confere azeites complexos e elegantes.

Outras Fontes:

www.asagourmet.com.br

www.quepu.cl