CADASTRE-SE AINDA HOJE E GANHE R$10*

Mauricio Szapiro e Erik Nako,
curadores de vinho e gastronomia

Aproveite os melhores vinhos e produtos gastronômicos do mercado, selecionados por chefs e sommeliers tão apaixonados pela boa mesa como você.


Quero me cadastrar

Já é cadastrado?
Faça seu login

oferta
(11) 3090-6073 / (21) 4042-2446 - Seg. à Sex. das 10h às 19h

Taylor’s 10 year old Tawny Port

De R$ 210,00 por Preço Exclusivo para cadastrados
CADASTRE-SE

Taylor’s 10 year old Tawny Port

Porto • Portugal

A real complexidade do Porto

De R$ 210,00 por



ESTA OFERTA ESTÁ ENCERRADA
Cadastre-se hoje, ganhe R$ 10 de créditos


Com a palavra, o curador:

Mesmo que as uvas para o Porto sejam cultivadas no vale do Douro, a maior parte do vinho envelhece nas amontoadas estalagens dos embarcadores na Vila Nova de Gaia, situada do outro lado do rio que separa a cidade do Porto. Historicamente, estas cidades sempre tiveram grande influência inglesa, com parte do comércio do Porto sendo dominado pelas famílias inglesas e anglo-portuguesas. Daí surgem as nomenclaturas dos Vinhos do Porto: Ruby, Tawny, Vintage e Late Bottle Vintage (LBV) – específicas para determinar o tipo de envelhecimento da bebida. Tawny significa, por exemplo, um tom de laranja amarronzado, levemente dourado, que é característico dos portos envelhecidos em pipas, barris menores de até 600l.

Este vinho do porto foi produzido pela tradicional Taylor’s, empresa com mais de três séculos de atividade. O estilo Tawny define um envelhecimento em duas fases, começando em balseiros, gigantescos tanques de madeira, e depois permanecem até o período desejado nas pipas. Desta forma, sua cor empalidece ao longo dos anos ao mesmo tempo que seu aroma ganha em complexidade. Diminuem as notas frutadas e aumentam as notas de especiarias, frutos secos e madeira.

Um tawny envelhecido é um dos mais valorizados tipos de vinho do porto e também um que se distingue por ter um paladar único, diferente de praticamente qualquer vinho. Com a idade, ele só melhora e nos 10 anos já apresenta características de um porto bem envelhecido, porém ainda com algum resquício de frutas dos mais jovens. Sem dúvida, é um dos meus vinhos preferidos, uma experiência única. Aqueles que torcem o nariz para os vinhos doces provavelmente serão convertidos com a enorme complexidade apresentada nesse rótulo.

Notas de Degustação:

Nariz repleto de fruta madura, ameixas e damascos, leve toque de especiarias, baunilha, sobretudo. Na boca é levemente untuoso e bem encorpado. Muito persistente.

Harmonização:

Harmonize com um cremoso queijo de leite de ovelha da Serra da Estrela ou um do Azeitão. Para as sobremesas, uma mousse de chocolate ao leite, tortas de nozes ou amêndoas e arroz doce. 

Cristiano Lanna

... vive entre livros, panelas e taças. Depois de se formar em engenharia, o chef se entregou de vez a paixão pela gastronomia e aos poucos foi estendendo seus conhecimentos para mundo dos vinhos. Com toda essa experiência, se tornou chef e sócio do bar italiano Prima Bruschetteria e dá aulas na ABS-Rio.

Detalhes

O que você recebe:
1 garrafa X 750ml 

Estilo:
Vinho fortificado tinto doce

Engarrafado:
2012

Envelhecimento:
10 anos em barricas de carvalho

Teor Alcoolico:
20%

Mais sobre a Taylor's:

Criada em 1692, com mais de três séculos de experiência, a Taylor’s é uma das mais antigas produtoras de vinho do Porto. A casa se dedica exclusivamente à produção do tradicional vinho fortificado, sempre aprimorando seus melhores estilos. Com sede no Porto e na região do Douro, a empresa está envolvida em todas as fases da produção dos seus vinhos, do plantio e cultivo das uvas à elaboração, envelhecimento e engarrafamento dos lotes.

Outras fontes:

http://www.viladearouca.com.br/importados/
http://www.taylor.pt