CADASTRE-SE AINDA HOJE E GANHE R$10*

Mauricio Szapiro e Erik Nako,
curadores de vinho e gastronomia

Aproveite os melhores vinhos e produtos gastronômicos do mercado, selecionados por chefs e sommeliers tão apaixonados pela boa mesa como você.


Quero me cadastrar

Já é cadastrado?
Faça seu login

oferta
(11) 3090-6073 / (21) 4042-2446 - Seg. à Sex. das 10h às 19h

Saint Jean du Barroux La Source 2008

De R$ 129,00 por Preço Exclusivo para cadastrados
CADASTRE-SE

Saint Jean du Barroux La Source 2008

Côtes du Ventoux • França

Vinho orgânico no solo sagrado dos Papas

De R$ 129,00 por



ESTA OFERTA ESTÁ ENCERRADA
Cadastre-se hoje, ganhe R$ 10 de créditos


Com a palavra, o sommelier

As uvas de Domaine Saint Jean du Barroux são cultivadas em um terroir próximo a Chateauneuf Du Pape, na encosta do Mont Ventoux, entre 300 e 400 metros de altitude.

O enólogo é Philippe Gimel, um farmacêutico de formação e apaixonado pelos vinhos, que passou antes por vários Chateaux da região, entre os quais o clássico Beaucastel. Ao visualizar uma oportunidade de “voar solo”, Gimel comprou uma plantação antiga, onde pôde exercer sua vocação e começar uma produção de uvas com todo o esmero biodinâmico/orgânico.

Teve logo o reconhecimento de Robert Parker que atribuiu 95 pontos para a safra 2007 do vinho La Source. Entusiasmado, RP nos diz: “envelhecido 18 meses em tanques de carvalho, o vinho tem uma cor púrpura e um maravilhoso aroma doce de flores de acácia, lavanda, frutas vermelhas e cassis....Na boca, textura linda, pura e opulenta, é um vinho impressionante”.

Nós do Selo Reserva temos o prazer de colocar a disposição dos amigos! Para aqueles que desejam uma experiência inesquecível com um vinho típico do Rhône Sul, clássico corte de Grenache, Syrah, Carignan e Cinsault. Ao experimentá-lo descubra porque os Papas construíram um castelo em Avignon  e não quiseram retornar a Roma. Sugiro comprar mais de uma garrafa, para provar agora e repetir dentro de alguns anos.

Notas de Degustação:
Um vinho brilhante, com reflexos púrpuros. No nariz, frutas maduras como cereja e jabuticaba; um aroma floral de violetas. Na boca, é elegante e persistente, tem boa acidez e é muito equilibrado. Seus 15% de álcool só podem ser notados pela doçura dos seus taninos. 

Harmonização:
Com 15% de álcool, você precisará acompanhar pratos bem consistentes e gordurosos. Por que não uma costeleta de cordeiro? Ou um prato de linguiças e feijões brancos.

Mauricio Szapiro

... é engenheiro, enófilo e entusiasta. Há mais de 10 anos é membro da ABS-Rio, atua como sommelier, modera grupos de degustação e é autor do “Momentos Divinos”, caderno de anotações e memórias enológicas. Não satisfeito, segue adiante em busca de novos sabores e experiências.

Detalhes

O que você recebe:
01 garrafa X 750ml

Estilo:
Tinto 

Safra:
2008

Composição:
70% Grenache, 25% Carignan e 5 % Cinsault

Envelhecimento:
24 meses em barrica 

Teor alcoólico:
14,5°

Pontuação:
94 RP (Robert Parker)

 

Mais sobre Saint Jean Du Barroux:

Os vinhedos de cultivo orgânico estão perto da Ville de Le Barroux, pequena cidade do Rhône Sul. Os vinhos, de seu romântico enólogo Philippe Gimel, levam o nome dos quatro elementos-chave da natureza: “La Source”, fonte que alimenta seus vinhedos,  “La Perre Noire”, principal parte do terreno, “L’Argile”, do solo que dá a qualidade do terroir, e “La Montagene”, o Mont Ventoux que domina a área e é a maior elevação entre o Rhône e a Provence, que protege as vinhas e é fonte de frescor dos vinhos.   

Outras Fontes: http://saintjeandubarroux.com/