CADASTRE-SE AINDA HOJE E GANHE R$10*

Mauricio Szapiro e Erik Nako,
curadores de vinho e gastronomia

Aproveite os melhores vinhos e produtos gastronômicos do mercado, selecionados por chefs e sommeliers tão apaixonados pela boa mesa como você.


Quero me cadastrar

Já é cadastrado?
Faça seu login

oferta
(11) 3090-6073 / (21) 4042-2446 - Seg. à Sex. das 10h às 19h

Monteviejo Festivo Torrontés 2010

De R$ 49,00 por Preço Exclusivo para cadastrados
CADASTRE-SE

Monteviejo Festivo Torrontés 2010

Valle de Uco • Argentina

Sinta o prazer dos aromas florais desta típica uva argentina.

De R$ 49,00 por



ESTA OFERTA ESTÁ ENCERRADA
Cadastre-se hoje, ganhe R$ 10 de créditos


Com a palavra, o sommelier

"Eu amo este exercício de equilibrista, que consiste em progredir sob o fio das estações, avançando alguns metros a cada dia em direção à excelência. Um verdadeiro exercício de equilibrista em avançar as estações do ano faz ganhar a cada dia alguns metros a mais para a excelência". Com estas palavras, Catherine Péré-Vergé definiu a sua própria essência como produtora de vinhos finos.  O Festivo Torrontés é produzido por ela na Bodega Monteviejo, em parceria com o craque francês Michel Rolland, enólogo à frente do projeto argentino Clos de Los Siete e também responsável pelo Château Le Gay em Pomerol, na França.

As vinhas são cultivadas no sopé da Cordilheira dos Andes, ao lado de Vista Flores, em Mendoza. A região oferece um clima seco e temperaturas médias elevadas, características naturais que ajudam a reduzir o tempo de maturação das uvas e consequentemente, beneficia o trabalho dos enólogos. No geral, as vinhas são cultivadas em altitude média de cerca de 900 metros acima do nível do mar.

Vinhos de uva Torrontés são um dos favoritos da crítica Jancis Robinson. De acordo com ela, são vinhos para se beber mais cedo. “Não são muito pesados, são ricos em acidez e aromáticos. Lembram bastante, mas não idênticos, ao Muscat. É possível compará-lo à Pinot Grigio e à Viognier”. Este Festivo Torrontés, safra 2010 recebeu a pontuação 90 RP, pelo crítico Jay Miller.

 

Notas de degustação:

Sua cor é amarelo-ouro, brilhante. Amplo espectro de aromas de frutas frescas - lembra pêssego, com notas de cascas de frutas cítrica, e floral. No paladar tem corpo leve, com boa acidez e álcool equilibrado; notas de frutas cítricas, damasco.

Harmonização:

É seco e cítrico, perfeito com a maioria dos aperitivos. Queijos frescos, uma ousada e boa sugestão é um pato com laranja (canard à l’orange).

Mauricio Szapiro

... é engenheiro, enófilo e entusiasta. Há mais de 10 anos é membro da ABS-Rio, atua como sommelier, modera grupos de degustação e é autor do “Momentos Divinos”, caderno de anotações e memórias enológicas. Não satisfeito, segue adiante em busca de novos sabores e experiências.

Detalhes

O que você recebe:
1 garrafa X 750ml

Estilo:
Branco

Safra:
2010

Composição:
100% Torrontés

Teor alcoólico:
13%

Pontuação:
90RP

Mais sobre o Valle de Uco

A região viticultora está localizada ao longo do Rio Tunuyán, ao sudoeste de Mendoza, na Argentina. A combinação de altitude, solos aluviais, irrigação provenientes da Cordilheira dos Andes oferecem condições ideais para o crescimento de uvas de qualidade. Outros grandes nomes de vinícolas da região são: Baron Edmondde Rothschild, François Lurton e Laurent Dassault. Entre os melhores vinhos produzidos na região, se destacam: Cabernet Sauvignon, Merlot, Torrontés, Chardonnay, Sauvignon Blanc e Pinot Gris. Para quem quiser visitar, o Valle de Uco integra a Rota do Vinho da Argentina.

 

Outras Fontes:

www.monteviejo.com