CADASTRE-SE AINDA HOJE E GANHE R$10*

Mauricio Szapiro e Erik Nako,
curadores de vinho e gastronomia

Aproveite os melhores vinhos e produtos gastronômicos do mercado, selecionados por chefs e sommeliers tão apaixonados pela boa mesa como você.


Quero me cadastrar

Já é cadastrado?
Faça seu login

oferta
(11) 3090-6073 / (21) 4042-2446 - Seg. à Sex. das 10h às 19h

Kit chá oolong Or tea? Monkey Pinch

De R$ 99,00 por Preço Exclusivo para cadastrados
CADASTRE-SE

Kit chá oolong Or tea? Monkey Pinch

Fujian • China

Oolongs colhidos com uma ajuda especial

De R$ 99,00 por



ESTA OFERTA ESTÁ ENCERRADA
Cadastre-se hoje, ganhe R$ 10 de créditos


Com a palavra, o chef

Para relaxar, procurar uma dieta saudável, emagrecer ou simplesmente pelo prazer de tomar um chá, esta bebida tem se tornado cada vez mais popular. As versões são inúmeras e vão do adocicado chai indiano ao sachê de chá preto dos supermercados. Pouca gente sabe, no entanto, que muitos chás vendidos no mundo nem poderiam ser chamados assim. Para ser considerado um chá autêntico, ele deve ser feito com a erva chá, ou Camellia sinensis, seu nome científico. Este arbusto cultivado no oriente está para o chá como a uva está para o vinho.

Cada bebida é única, e a diferença entre o chá feito da forma tradicional chinesa e aqueles que você costuma encontrar nas baias do supermercado são enormes. Variedade, clima, solo, tratamento, produção e armazenamento são alguns dos fatores que fazem com que cada produto seja diferente do outro.

Embora tenha origem das mesmas folhas e flores, existem diversas variedades da planta. Dentre as principais estão a chinesa (Sinensis sinesis) e a Assam, mais cultivada na Índia e no Oriente Médio. Em geral as folhas menores e mais novas são as mais valorizadas para se fazer a bebida e muitas vezes os botões das flores também fazem parte da mistura. Depois de colhidas, as folhas começam a murchar e cada passo seguinte determinará o sabor do chá. O tempo que se deixa a folha murchar, fermentar e desidratar determina o tipo de chá. Por exemplo, para se fazer o chá verde, a folha é desidratada logo depois de colhida e quase sem murchar e fermentar. Já para o chá preto, deixa-se as folhas murcharem completamente, seguida de uma leve maceração e depois de uma fermentação completa antes da desidratação. Qualquer errinho neste processo pode resultar desde aromas desagradáveis até que o chá fique impróprio para consumo. Será que os enófilos estão sentindo alguma familiaridade com o assunto?

Or Tea? é chá de verdade, direto de um tradicional terroir chinês, com toda a influência da cultura de seu país de origem, onde o consumo da Camellia já rendeu estudos sobre seu papel no combate de doenças crônicas. Diretamente de Fujian, na costa sudeste da China, tem como objetivo utilizar somente as melhores folhas, sem aditivos químicos, sem corantes e 100% orgânico – como chás de verdade devem ser. O nome vem de uma expressão “Is it art, or tea?”, não nos deixando dúvida da qualidade artesanal e de todo o cuidado no processo de fabricação. Este chá é uma bela alternativa às bebidas altamente industrializadas que, no processo, perdem nutrientes, aromas ou sabor.

Monkey Pinch

O chá oolong é muito apreciado tanto na China, quanto no Japão. Sua colheita e produção são manuais, e mais de uma espécie é responsável por produzir oolongs, como o Tie Guan Yin. Este Or Tea? é feito a partir de uma espécie rara de Tie Guan Yin que cresce em precipícios. Para buscar as folhas, ramo a ramo, os produtores treinam macacos que possam executar o trabalho com menos risco, como adianta o nome deste sabor “Monkey Pinch” (algo como “pitada símia”) e sua ilustração. Desde a colheita já dá para perceber que esta não é uma bebida qualquer.

Este Monkey Pinch faz bem para você, com paladar refrescante e capacidade de reduzir a absorção de gordura saturada dos alimentos; e faz bem para o ambiente, uma vez que os sachês são todos feitos de material totalmente biodegradável.

Nesse chá, você encontra aromas de pêssego e sabor adocicado, “e diferente de tudo o que você já provou”, complementam os mestres da Or Tea?.

Cristiano Lanna

... vive entre livros, panelas e taças. Depois de se formar em engenharia, o chef se entregou de vez a paixão pela gastronomia e aos poucos foi estendendo seus conhecimentos para mundo dos vinhos. Com toda essa experiência, se tornou chef e sócio do bar italiano Prima Bruschetteria e dá aulas na ABS-Rio.

Detalhes

O que você recebe:

15 sachês com folhas inteiras de chá oolong – total de 30g

cada saché corresponde a uma dose

 

1 caneca térmica de vidro com parede dupla

Mais sobre a Or Tea?

Or Tea? é uma marca de chás orgânicos trazidos da China. Com o objetivo de popularizar o consumo do chá, a produtora une arte, design e a Camellia sinensis, planta de onde nascem os chás. Criada por dois jovens de Hong Kong, o objetivo da Or Tea? é de popularizar ainda mais a bebida resgatando a tradição e a qualidade que foram perdidas em um mercado massificado.

 

Outras Fontes:

www.or-tea.com/brasil

www.omercadofuturo.com.br