CADASTRE-SE AINDA HOJE E GANHE R$10*

Mauricio Szapiro e Erik Nako,
curadores de vinho e gastronomia

Aproveite os melhores vinhos e produtos gastronômicos do mercado, selecionados por chefs e sommeliers tão apaixonados pela boa mesa como você.


Quero me cadastrar

Já é cadastrado?
Faça seu login

oferta
(11) 3090-6073 / (21) 4042-2446 - Seg. à Sex. das 10h às 19h

Hawequas Mont du Toit

De R$ 123,00 por Preço Exclusivo para cadastrados
CADASTRE-SE

Hawequas Mont du Toit

Paarl, Wellington • África do Sul

Inspiração e transpiração francesas

De R$ 123,00 por



ESTA OFERTA ESTÁ ENCERRADA
Cadastre-se hoje, ganhe R$ 10 de créditos


Com a palavra, o curador:

Como se já não bastasse um sobrenome de origem francesa, a família Toit carrega na sua história uma tradição viticultora com mais de 300 anos estabelecidos na região do Cabo, na África do Sul. Toda essa tradição foi o principal estimulante de Stephen Toit ao fundar, em 1996, a vinícola Mont du Toit, situada aos pés da Montanha Hawequa, em Wellington, na divisa com Paarl, importante zona vitivinícola. O novo produtor é ganancioso e tem como objetivo produzir alguns dos melhores vinhos tintos sul-africanos. 

A influência da França em Mont du Toit é tão grande, que até mesmo o método de cultivo e produção dos seus rótulos é inspirado nos vinhos franceses. Por exemplo: a produção é baseada no estilo tradicional “low tech”, onde são cultivadas cepas com baixa produtividade, descartando o excesso de uvas através da poda de cachos e privilegiando uma colheita manual de uvas bem maduras. Cada variedade é vinificada separadamente, sob o olhar atento do reconhecido enólogo alemão Bernd Philippi. 

O rótulo Hawequas leva o mesmo nome da montanha onde está fincada a vinícola Mont du Toit. A ilustração representa o vínculo dos produtores com a natureza exuberante da África e nossa estrela maior, o Sol. Composto em grande parte pelas variedades Cabernet Sauvignon, Merlot, Shiraz e, em menor porcentagem, por Cabernet Franc e Alicante Bouschet, esse vinho é uma hábil mistura de diferentes variedades, que expressa uma complexidade harmoniosa de aromas e sabores. De acordo com os produtores, não existe fórmula definitiva para este corte, pois o blend está suscetível à influência da natureza.  

Notas de Degustação:

Um vermelho rubi super intenso, com aromas elegantes de frutas, ligeira especiaria. Longo, persistente e corpulento. 

Harmonização:

Boa pedida para pratos de carne vermelha, almôndegas, ou polpetones recheados e bem temperados.
Pega bem também com uma massa com molho de pato. 

Erik Nako

... é acima de tudo um glutão. Chef e sócio do bar italiano Prima Bruschetteria, dá aulas na ABS-Rio e faz viagens enológicas pelo mundo há mais de 10 anos.

Detalhes

O que você recebe:
1 garrafa X 750ml

Composição:
59% Cabernet Sauvignon, 20% Merlot, 19% Shiraz, 1% Alicante Bouschet e 1% Cabernet Franc

Estilo:
Tinto

Teor Alcoólico:
14%

Safra:
2005

Envelhecimento:
16 meses em barricas de carvalho


Mais sobre o Mont du Toit Kelder:

Stephen du Toit adquiriu a propriedade em 1996, batizando-a como Mont du Toit em homenagem à tradição viticultora da sua família. A vinícola está localizada aos pés da montanha Hawequas, em Paarl, na região Oeste do Cabo da Boa Esperança, na África do Sul. A Montanha Hawequas também serve de inspiração para batizar os dois outros rótulos da produtora: Le Coteaux (“ a encosta”) e Le Sommet (“o topo”). No total são 28 hectares de vinhas, divididos entre as principais variedades de uvas tintas internacionais: Cabernet Sauvignon, Shiraz, Merlot, Cabernet Franc e Alicante Bouschet. 

Outras fontes:

http://www.montdutoitwines.co.za/