CADASTRE-SE AINDA HOJE E GANHE R$10*

Mauricio Szapiro e Erik Nako,
curadores de vinho e gastronomia

Aproveite os melhores vinhos e produtos gastronômicos do mercado, selecionados por chefs e sommeliers tão apaixonados pela boa mesa como você.


Quero me cadastrar

Já é cadastrado?
Faça seu login

oferta
(11) 3090-6073 / (21) 4042-2446 - Seg. à Sex. das 10h às 19h

Erumir Blanco 2010

De R$ 68,00 por Preço Exclusivo para cadastrados
CADASTRE-SE

Erumir Blanco 2010

Catalunya • Espanha

Quando 1+1+1 dá mais que 3

De R$ 68,00 por



ESTA OFERTA ESTÁ ENCERRADA
Cadastre-se hoje, ganhe R$ 10 de créditos


Com a palavra, o sommelier:

Não há limite para a criatividade de um bom enólogo! É a clássica questão do resultado que se pode obter a partir do corte de várias uvas: fica melhor ou pior do que um varietal?

Bem, no caso do Erumir Blanco 2010, vinificado com três castas diferentes, eu posso responder: o resultado foi mais que a complexa soma da mineralidade da Riesling, com as frutas e elegância da Sauvignon Blanc, mais a pronunciada acidez da Macabeo.

Para reforçar a inspiração, ainda tive a chance de experimentá-lo numa tarde bem agradável na nossa varanda no Selo Reserva. Lembro que o céu estava limpo e o sol esquentava com força total, situação atípica para a primavera no Rio de Janeiro. Entre vários brancos presentes, o Erumir impressionou pela sua complexidade.

As vinhas da Can Bonastre são rodeadas por uma natureza exuberante, situadas em uma colina suave aos pés das montanhas de Montserrat, no Distrito Municipal de Masquefa, região da Catalunha, Espanha. No total, a vinícola possui 50 hectares subdivididos entre variedades autóctones e as principais variedades internacionais.

Resumindo - e me rendendo a este corte tão complexo e bem elaborado -, pelo preço que conseguimos negociar, recomendo providenciar mais de uma garrafa. Afinal, a primavera está apenas começando.

Notas de Degustação:

Amarelo ouro claro e brilhante, tem um nariz complexo e elegante, com flores brancas, pêssego, manga, maça verde, mineral, ervas frescas. Na boca, é saboroso, com boa acidez e persistente. Senti um leve toque de marmelo...

Harmonização:

Boa pedida para acompanhar pescados e frutos do mar em suas inúmeras receitas. Minha sugestão é um prato de camarões ao molho de coco com manteiga. Ficará delicioso!

Mauricio Szapiro

... é engenheiro, enófilo e entusiasta. Há mais de 10 anos é membro da ABS-Rio, atua como sommelier, modera grupos de degustação e é autor do “Momentos Divinos”, caderno de anotações e memórias enológicas. Não satisfeito, segue adiante em busca de novos sabores e experiências.

Detalhes

O que você recebe:
1 garrafa X 750 ml 

Estilo:
Branco

Safra:
2010

Composição:
50% Macabeo, 35% Sauvignon Blanc, 15% Riesling

Teor alcoólico:
12.5°

Envelhecimento:
Tanques de aço inox

Mais sobre Can Bonastre:

Além de produzir vinhos de alta qualidade, Can Bonastre se intitula uma Vinícola Resort, “um local único entre o céu e a terra, onde o prazer e o enoturismo se cruzam em uma mesma experiência”. O nome da propriedade é uma homenagem à Lucas Bonastre, Lorde de Ondara, que morou na residência por volta do ano de 1548. Em 1980, a propriedade foi adquirida pela família Vallès, responsável por renovar todas as suas instalações, transformando a antiga residência em vinícola e, posteriormente, em um pequeno, porém luxuoso hotel. Dentre os rótulos produzidos pela Can Bonastre, destacam-se: Nara Aging, Maurel, Can Bonastre, Erumir, Erumir Aging e Pinot Noir.

Outras Fontes:

http://www.canbonastre.com/