CADASTRE-SE AINDA HOJE E GANHE R$10*

Mauricio Szapiro e Erik Nako,
curadores de vinho e gastronomia

Aproveite os melhores vinhos e produtos gastronômicos do mercado, selecionados por chefs e sommeliers tão apaixonados pela boa mesa como você.


Quero me cadastrar

Já é cadastrado?
Faça seu login

oferta
(11) 3090-6073 / (21) 4042-2446 - Seg. à Sex. das 10h às 19h

Duo Vertical Dios Ares

De R$ 146,00 por Preço Exclusivo para cadastrados
CADASTRE-SE

Duo Vertical Dios Ares

Rioja • Espanha

Você sabe o que é uma degustação vertical?

De R$ 146,00 por



ESTA OFERTA ESTÁ ENCERRADA
Cadastre-se hoje, ganhe R$ 10 de créditos


Com a palavra, o curador:

Você já participou de uma degustação vertical? E horizontal? Talvez você já até tenha feito parte de alguma, mesmo sem perceber na hora. Pode parecer complicado, mas é bem simples.

Em primeiro lugar, para promover uma degustação, ninguém precisa ser especialista, basta somente apreciar a bebida e buscar uma experiência... Também não há lugar apropriado, você pode fazer no conforto da sua casa, por exemplo, na companhia de amigos, parentes e conhecidos. O essencial é ter sempre muitas taças, uma para cada vinho analisado, para que seja possível haver a comparação de todos os rótulos ao mesmo tempo. Uma folha de papel branco para percebermos melhor a cor do vinho é bastante útil, e não se esquecer de algum tipo de identificação para cada taça. Finalizados os passos básicos, a degustação pode ser de dois tipos: vertical ou horizontal.

Degustação vertical é quando escolhemos o mesmo vinho, do mesmo produtor, porém de safras diferentes. Já na horizontal, priorizam-se vinhos de diferentes produtores, mas do mesmo tipo e da mesma safra; exemplo, um Malbec argentino de Mendoza e outro da região de Cahors, na França. Uma vertical oferece o histórico completo do vinho, pois é possível identificar as mudanças que cada safra pode ter sofrido, evidenciar características únicas das uvas de diferentes colheitas, assim como apontar possíveis alterações no processo de vinificação e escolhas do enólogo. Para ambas, é necessário ao menos 2 rótulos para começar a degustação.

E como a filosofia do Selo Reserva é proporcionar novas experiências, resolvemos propor então uma degustação “vertical” de um vinho muito reputado: o Dios Ares Crianza, vindo de Rioja, Espanha. As safras escolhidas, 2006 e 2007, são pontuadas com 87 e 90 RP, respectivamente. Você pode escolher como começar, se será do mais novo ao mais antigo, ou vice-versa. Não há uma regra pré-estabelecida, só mesmo o prazer de degustar. E depois que isso acontecer, você certamente terá a sensação de mais uma experiência incrível no mundo dos vinhos. Uma outra ideia pode ser a de conferir se concorda com as pontuações de cada vinho...

Chame os amigos, convoque seus sentidos e faça a festa. Um brinde!   

Notas de Degustação:

Produzidos de maneira semelhante, as notas de degustação básicas são semelhantes, com diferentes nuances nos aromas de evolução (couro, pelica, por exemplo), e no reflexo na taça.

Parte da fermentação malolática desses vinhos é feita em barricas de carvalho, e são depois envelhecidos por 12 meses em barricas francesas e americanas, traduzindo-se no nariz nas notas de baunilha, especiarias, alcaçuz e chocolate. Percebe-se também uma camada de pelica. No visual, tem um vermelho rubi e reflexo granada; na boca, a presença de fruta cai bem com os toques de torrefação.

Harmonização:

A proposta de uma degustação vertical é de que as estrelas principais sejam os próprios vinhos. Prefira pão e água simplesmente. Mas, depois da prova, petiscos sempre são bem-vindos. Dê preferência àqueles que combinam com o tipo de vinho degustado e evite os muito apimentados e com sabor muito marcante. Para esse duo espanhol, eu recomendaria queijos amarelos, presunto de parma, copa, alguns patês de carne e um bom antepasto de pimentão ou berinjela.  

Mauricio Szapiro

... é engenheiro, enófilo e entusiasta. Há mais de 10 anos é membro da ABS-Rio, atua como sommelier, modera grupos de degustação e é autor do “Momentos Divinos”, caderno de anotações e memórias enológicas. Não satisfeito, segue adiante em busca de novos sabores e experiências.

Detalhes

O que você recebe:
1 garrafa x 750ml de Dios Ares Crianza 2006
1 garrafa x 750ml de Dios Ares Crianza 2007 

Dios Ares Crianza 2006
Estilo: Tinto
Composição: 100% Tempranillo
Tempo de Barrica: 12 meses
Graduação Alcoólica: 14%
Premiação: 87 RP (Robert Parker) 

Dios Ares Crianza 2007
Estilo: Tinto
Composição: 100% Tempranillo
Tempo de Barrica: 12 meses
Graduação Alcoólica: 14%
Premiação: 90 RP (Robert Parker)

Mais sobre Dios Ares:

Pertencente à famosa vinícola Pujanza, a Bodega Dios Ares é um projeto pessoal relativamente novo do enólogo Carlos San Pedro. Com a primeira safra em 1998, lançada em 2001, é um perfeito exemplo da riqueza que Rioja Alavesa oferece. Os rótulos assinado pela Dios Ares apresentam uma ótima relação custo/qualidade, marca registrada que fez a fama do enólogo da casa.    

Outras Fontes:

http://www.bodegaspujanza.com/