CADASTRE-SE AINDA HOJE E GANHE R$10*

Mauricio Szapiro e Erik Nako,
curadores de vinho e gastronomia

Aproveite os melhores vinhos e produtos gastronômicos do mercado, selecionados por chefs e sommeliers tão apaixonados pela boa mesa como você.


Quero me cadastrar

Já é cadastrado?
Faça seu login

oferta
(11) 3090-6073 / (21) 4042-2446 - Seg. à Sex. das 10h às 19h

Duo Lujuria : Late Harvest + Chardonnay

De R$ 138,40 por Preço Exclusivo para cadastrados
CADASTRE-SE

Duo Lujuria : Late Harvest + Chardonnay

Valle de Curicó • Chile

Luxúria é pouco

De R$ 138,40 por



ESTA OFERTA ESTÁ ENCERRADA
Cadastre-se hoje, ganhe R$ 10 de créditos


Com a palavra, o curador:

Depois dos prestigiados rótulos El Milagro, fiz questão de apresentar outra grande linha da mesma vinícola chilena: Lujúria. Seguindo o mesmo padrão de qualidade garantido pela Viñedos Puertas, selecionamos dois vinhos produzidos com a mesma uva – a Chardonnay – no mesmo terroir – o Valle de Curicó, no Chile -, mas com resultados completamente diferentes: um branco feito do corte da Chardonnay, com uma pequena parcela da Viognier; e um Late Harvest, feito exclusivamente com a Chardonnay.

Ambos os vinhos foram produzidos com uvas de vinhedos próprios no Valle de Curicó, localizado a 200 kms de Santiago, no Valle Central do Chile. O Lujúria Late Harvest é feito exclusivamente a partir de uvas Chardonnay, colhidas manualmente no final de maio, fermentado e envelhecido em tanques de aço. Já a vindima do branco é feita tradicionalmente em março, período normal de colheita no Novo Mundo. Para se chegar a dois rótulos distintos, com resultados muito gratificantes, foi necessária a sabedoria do enólogo Carlos Torre, responsável pela vinícola Puertas.

A produção de um vinho Late Harvest não deixa de envolver um certo risco, pois existe a chance de as uvas que foram colhidas propositalmente mais tarde não darem o resultado almejado. Mesmo tendo à disposição toda a infraestrutura necessária e o mais alto nível de tecnologia, é preciso tomar cuidado para não colhê-las tarde demais e, consequentemente, elaborar um vinho muito doce, sem acidez e enjoativo.

Assim, o grande segredo é produzir um vinho equilibrado que seja agradável no paladar, característica que define o vinho de sobremesa da linha Lujúria. O branco é uma excelente opção de vinho do dia a dia, ideal para se tomar junto de uma refeição leve, ou beliscando alguns quitutes. Minha sugestão é começar com o branco e depois servir o Late Harvest como sobremesa. E numa ocasião bem especial, cheia de segundas intenções, claro.

Notas de Degustação:

Lujúria Chardonnay/Viognier
Amarelo dourado. Médio corpo. No nariz, aromas de frutas maduras, abacaxi. Média intensidade na boca, com um toque frutado, balanceado e equilibrado.

Lujúria Late Harvest
Amarelo intenso (lembra um pouco ouro velho). É denso e untuoso, bastante estruturado. Aromas compotados, papaya se sobressai, figos doces e pêssegos em calda. A acidez é bem leve. 

Harmonização:

O Chardonnay vai bem com frutos do mar, camarão grelhado, principalmente, e queijos "jovens" e leves. O Late Harvest combina com diversas sobremesas, em especial aqueles da culinária portuguesa, que levam bastante ovos em sua composição.

Lolô Riccobene

... é sommelière formada na The Wine School, escola internacional de sommeliers da Jancis Robinson. Há mais de quatro anos dedica-se à enogastronomia, setor pelo qual é apaixonada e em que trabalha por prazer, como costuma dizer.  

Detalhes

O que você recebe:
1 garrafa x 500ml de Lujúria Late Harvest
1 garrafa x 750ml de Lujúria Chardonnay/Viognier

Lujúria Late Harvest
Composição: 100% Chardonnay
Estilo:Branco Doce
Teor Alcoólico: 13%
Safra: 2006

Lujúria Chardonnay/Viognier
Composição: Chardonnay, Viognier
Estilo: Branco
Teor Alcoólico: 13,5%
Safra: 2009
Amadurecimento: 3 meses em barril francês novo

Mais sobre a Viñedos Puertas:

Quando fundada, em 1950, por José Puertas Esteban, a Viñedos Puertas concentrava suas operações na revenda de uvas, vinhos a granel e vinificação para terceiros. Hoje ela mudou de rumo e passou de simples produtora de uvas para uma vinícola que controla todos os passos da cadeia produtiva, produzindo e engarrafando vinhos de altíssima qualidade que são exportados para todo o mundo. Por trás deles está o enólogo Carlos Alfredo Torre Sila, que por muito tempo esteve responsável pela gigante Concha y Toro e hoje encontrou um novo espaço para explorar ainda mais seu incrível talento.

Outras Fontes:

http://www.vinedospuertas.cl/

http://mercovino.com.br