CADASTRE-SE AINDA HOJE E GANHE R$10*

Mauricio Szapiro e Erik Nako,
curadores de vinho e gastronomia

Aproveite os melhores vinhos e produtos gastronômicos do mercado, selecionados por chefs e sommeliers tão apaixonados pela boa mesa como você.


Quero me cadastrar

Já é cadastrado?
Faça seu login

oferta
(11) 3090-6073 / (21) 4042-2446 - Seg. à Sex. das 10h às 19h

Duo Down Under: Chardonnay e Shiraz

De R$ 95,00 por Preço Exclusivo para cadastrados
CADASTRE-SE

Duo Down Under: Chardonnay e Shiraz

Nova Gales do Sul, Riverina • Austrália

Uma dupla de australianos descontraídos

De R$ 95,00 por



ESTA OFERTA ESTÁ ENCERRADA
Cadastre-se hoje, ganhe R$ 10 de créditos


Com a palavra, a sommelière:

Conheci o Down Under Shiraz em um lugar bem improvável: um restaurante australiano, desses de cadeia com  pratos fartos e pesados, quase sempre acompanhados de cerveja. É um lugar tradicional para uma happy hour e conhecido por suas longas filas de espera na porta, cujos frequentadores - pelas minhas impressões - não estão muito interessados em degustar vinhos. Mas como se tratava de um dia incomum – afinal, era segunda-feira, o local estava vazio e eu não estava trabalhando – resolvi abrir minha mente a essa experiência que classifiquei como surpreendente e prazerosa.

De vinhos australianos, conheço ainda pouco. Fora o básico, como saber que a uva Syrah (lá chamada de Shiraz) se adaptou muito bem ao terroir do país e que os vinhos brancos de Chardonnay estão fazendo cada vez mais sucesso mundo afora. Mesmo assim, todo rótulo que provo vindo da Austrália gosto cada vez mais, pois vejo que a fama de produzir vinhos rústicos que o país carrega vem caindo por água abaixo. Com esse duo Down Under não foi diferente. Gostei tanto do Shiraz que resolvi experimentar também o Chardonnay quando tive a oportunidade e posso garantir: são vinhos do dia a dia, fortes e aromáticos, com os sabores essenciais da fruta preservados. Diria até que os dois são rótulos informais, ideais para ocasiões descontraídas.

Da próxima vez que meus amigos vencerem a disputa e me levarem lá novamente, pedirei logo uma taça do branco, e depois outra do tinto para acompanhar aquela costelinha...

Notas de degustação:

Down Under Shiraz:
Cor vermelho rubi com toques violáceos. Aromas de especiarias e pimenta preta. Taninos macios. Na boca, é estruturado e encorpado, com fruta madura e características terrosas, persistentes e também suaves. Um toque de baunilha do carvalho adiciona equilíbrio e suavidade para um longo e agradável final.

Down Under Chardonnay:
Cor amarelo palha clarinho. Aromas de frutas brancas maduras (pêssego, pera, melão). Na boca, um toque cítrico combina muito bem com o adocicado do carvalho. Acidez equilibrada e final longo e refrescante.

Harmonização:

Com o Shiraz não hesite em pedir carnes vermelhas, cordeiro, caça, ou então massas com molho encorpado. A uva combina muito bem com comidas apimentadas e molhos de churrasco, estilo Barbecue. Já o Chardonnay também pode ser degustado com alguns pratos fortes, apesar de ser branco. Porco e salmão assado (ou carnes que tenham um pouco de gordura) e saladas com molho agridoce vão bem. 

Lolô Riccobene

... é sommelière formada na The Wine School, escola internacional de sommeliers da Jancis Robinson. Há mais de quatro anos dedica-se à enogastronomia, setor pelo qual é apaixonada e em que trabalha por prazer, como costuma dizer.  

Detalhes

O que você recebe:
1 garrafa x 750ml de Down Under Chardonnay
1 garrafa X 750ml de Down Under Shiraz

Down Under Chardonnay
Estilo: Branco
Safra: 2011
Composição: 100% Chardonnay
Teor Alcoolico: 14%
Envelhecimento: em carvalho americano durante 6 meses 

Down Under Shiraz
Estilo: Tinto
Safra: 2010
Composição: 100% Shiraz
Teor Alcoolico: 14%
Envelhecimento: 50% em carvalho francês, 50% em carvalho americano durante 6 meses.

Mais sobre Westend Estate:

Criada por emigrantes italianos em 1945, na região de Riverina, Austrália, a vinícola Westend produz hoje cerca de cinco milhões de litros de vinho por ano. Riverina é a segunda maior região viticultora australiana, de onde saem 70% dos vinhos do Estado de Nova Gales do Sul, famosa por seus vinhos de sobremesa estilo Sauternes. O herdeiro da vinícola, Bill Calabria contribui, nos últimos anos, para elevar a qualidade dos rótulos produzidos na região, projetando assim os vinhos australianos no resto do mundo. Por ironia do destino, Bill é alérgico à bebida que fabrica, mas sabe exatamente como escolher os profissionais certos para garantir ótimos vinhos. 

Outras fontes:
http://www.westendestate.com.au/index.php