CADASTRE-SE AINDA HOJE E GANHE R$10*

Mauricio Szapiro e Erik Nako,
curadores de vinho e gastronomia

Aproveite os melhores vinhos e produtos gastronômicos do mercado, selecionados por chefs e sommeliers tão apaixonados pela boa mesa como você.


Quero me cadastrar

Já é cadastrado?
Faça seu login

oferta
(11) 3090-6073 / (21) 4042-2446 - Seg. à Sex. das 10h às 19h

Duo Carramimbre tinto e branco

De R$ 114,70 por Preço Exclusivo para cadastrados
CADASTRE-SE

Duo Carramimbre tinto e branco

Ribera del Duero • Espanha

Uma dupla divina

De R$ 114,70 por



ESTA OFERTA ESTÁ ENCERRADA
Cadastre-se hoje, ganhe R$ 10 de créditos


Com a palavra, o sommelier:

Os vinhos da Bodegas Pingón foram apresentados em um evento no melhor ambiente possível: na Praia de Ipanema, restaurante Vieira Souto. Já era motivo suficiente para me lembrar com carinho do céu azul e do almoço harmonizado pelo mestre João Souza, sommelier super conhecido no Rio. Mas tivemos ainda mais motivos: os vinhos da Pingón estavam à altura daqueles Momentos Divinos! O gerente de exportação da Pingón, talvez inspirado também por aquele ambiente, apresentou a Bodega e cada vinho quase poeticamente...

O branco, vinificado 100% com a uva espanhola Verdejo foi o primeiro, e já na taça chamava atenção para seu conteúdo: um vinho com cor clarinha brilhante e paladar quase cremoso, acidez elegante e persistente. As fotos tiradas das taças com a praia ao fundo se multiplicaram entre os presentes, antes mesmo de sermos chamados para a mesa. O tinto, das uvas Tempranillo (chamada Tinto Fino na região) e Cabernet Sauvignon, revelou-se muito gastronômico com toques frutados muito elegantes.

A Bodegas Pingón faz parte de uma nova geração de produtores da Ribera Del Duero, uma D.O. espanhola que se fez conhecida internacionalmente pelo ícone Vega Sicília ainda no início do século XX, e abriga vários outros gigantes espanhóis. São de lá a Protos, Pesquera , a Valduero, etc.

Qual o segredo desta região? Um conjunto de fatores fazem este terroir muito especial, com clima continental e ligeiras influências atlânticas - invernos bastante frios e verões quentes. Deve-se destacar também a importante variação térmica entre o dia e a noite, devido também à altitude média de 800m. Isto contribui para uma maturação mais lenta da uva e permite obter excelentes índices de acidez.

Escolhemos apresentar juntos estes dois vinhos que fazem parte da linha Carramimbre (carra=caminho; mimbre=de palha). Será com certeza mais uma experiência que vai ficar na memória (recomendo anotar as impressões). A presença de Cabernet Sauvignon nos vinhos tintos de Ribera já é uma tradição, a uva dá um toque a mais de músculos ao vinho. O Carramimbre branco é feito inteiramente da casta Verdejo. Podem comprar o duo e conferir nossa recomendação, não é uma oportunidade para se deixar escapar.

Notas de degustação:

De coloração amarelo palha, reflexo levemente verdeal, apresenta aromas frescos de frutos brancos - em especial, pêra - e de vegetais, com erva-doce. Na boca, é intenso e envolvente, excelente acidez e longo. Harmonizaria bem com saladas, peixes leves, massas, carnes brancas e pratos pouco condimentados. Mas vai fazer bonito também como aperitivo, olhando para o céu e agradecendo a dádiva.

O Carramimbre Roble D.O. Ribera del Duero 2009 é um vinho de cor vermelho cereja com tons de violeta. O aroma é intenso e lembra frutas vermelhas maduras com leves notas de especiarias. Na boca é saboroso e equilibrado, com taninos médios, tem sabor acentuado de frutas vermelhas maduras. Boa persistência.  Harmoniza com peixes com molho, carnes de caça e pratos condimentados em geral.

Mauricio Szapiro

... é engenheiro, enófilo e entusiasta. Há mais de 10 anos é membro da ABS-Rio, atua como sommelier, modera grupos de degustação e é autor do “Momentos Divinos”, caderno de anotações e memórias enológicas. Não satisfeito, segue adiante em busca de novos sabores e experiências.

Detalhes

O que você recebe:
1 garrafa X 750 ml de Carramimbre Roble 2009
1 garrafa X 750 ml de Carramimbre Verdejo 2010

Carramimbre Roble
Estilo: Tinto
Safra: 2009
Composição: 90% Tempranillo e 10% Cabernet Sauvignon
Teor alcoólico: 14%
Envelhecimento: 4 meses em barricas de carvalho

Carramimbre Verdejo
Estilo: Branco
Safra: 2010
Composição: 100% Verdejo
Teor alcoólico: 12,5%

Mais sobre as Bodegas Pingón

Fundada em 1996, a Bodegas Pingón é um projeto apoiado por investidores amantes de vinho, especificamente três empresas localizadas em Penafiel, Espanha. O nome da produtora é uma homenagem à cidade onde a adega se localiza: em Pago de Pingó, na região de Ribera Del Duero. É uma bodega jovem para padrões espanhóis, mas que já esta determinada a produzir grandes vinhos.

Outras Fontes:
www.bodegaspingon.com/en/
www.vinhosdomundo.com.br