CADASTRE-SE AINDA HOJE E GANHE R$10*

Mauricio Szapiro e Erik Nako,
curadores de vinho e gastronomia

Aproveite os melhores vinhos e produtos gastronômicos do mercado, selecionados por chefs e sommeliers tão apaixonados pela boa mesa como você.


Quero me cadastrar

Já é cadastrado?
Faça seu login

oferta
(11) 3090-6073 / (21) 4042-2446 - Seg. à Sex. das 10h às 19h

Dongione Cabernet Sauvignon Emilia IGT 2007

De R$ 78,00 por Preço Exclusivo para cadastrados
CADASTRE-SE

Dongione Cabernet Sauvignon Emilia IGT 2007

Piacenza • Itália

Uma Emilia-Romagna muito além do Lambrusco

De R$ 78,00 por



ESTA OFERTA ESTÁ ENCERRADA
Cadastre-se hoje, ganhe R$ 10 de créditos


Com a palavra, o sommelier:

A safra de 2007 foi uma unanimidade na Itália, daquelas que são memoráveis. Sugiro fazer como eu: vinho italiano do ano de 2007 vale sempre uma prova. Foi o que aconteceu quando o Marcos, da Ana Import, sugeriu o Dongione para a nossa degustação. Foi só provar, confirmar a indicação e o vinho já estava à caminho dos membros do Selo Reserva.

Já passou o tempo em que a região de Emília-Romagna era reconhecida apenas por sua produção de Lambruscos, estilo de vinho frutado e efervescente. Nesta mesma região, existe uma pequena província chamada Piacenza, que se destaca principalmente pela produção de vinhos finos de mesa, a partir de seis diferentes IGT (Indicazione Geografica Tipica). Historicamente, os vinhos de Piacenza eram apreciados desde o século XV, por representantes da nobreza da época, como por exemplo, o papa Paul III e, posteriormente, o rei Philip V da Espanha. 

A província é cercada por planícies verdes e vales, com diferentes tipos de solos e exposições solares, ideal para o cultivo de algumas variedades de uvas autóctones (Ortrugo, Bonarda e Gutturnio) e algumas estrangeiras.

Esse rótulo da Viticoltori Arquatesi, o Emilia Cabernet Sauvignon Dongione IGT, foi produzido com 100% de uvas Cabernet Sauvignon a partir de vinhas com 25 anos de idade média. As uvas foram cultivadas aos pés do Val D’Arda, em Castell’Arquatto, aldeia medieval situada à margem esquerda do rio Arda. O resultado de toda essa história vocês poderão conferir pessoalmente. Espero que gostem!

Notas de Degustação:

Apresenta aquelas nuances alaranjadas, resultado dos 5 anos decorridos da colheita. No nariz, confirma então sua evolução com elegância, mas nota-se aromas típicos da Cabernet Sauvignon, com pimentão e frutas vermelhas maduras. Na boca, é agradável e equilibrado, redondo mesmo.

Harmonização

No norte da Itália, a Emilia-Romagna é uma das regiões italianas mais ricas do ponto de vista gastronômico, berço dos famosos queijos Parmigiano e Grana Padano (da própria Piacenza!), de embutidos como o presunto de Parma, o Culatello (uma espécie de miolo, a parte nobre do presunto), o Cotechino e o Zampone da mortadela, dentre outros. Este vinho vai bem com quaisquer desses, além de massas como tagliatelle e spaghetti com ragù alla bolognese.

Mauricio Szapiro

... é engenheiro, enófilo e entusiasta. Há mais de 10 anos é membro da ABS-Rio, atua como sommelier, modera grupos de degustação e é autor do “Momentos Divinos”, caderno de anotações e memórias enológicas. Não satisfeito, segue adiante em busca de novos sabores e experiências.

Detalhes

O que você recebe:
1 garrafa X 750 ml 

Estilo:
Tinto 

Safra:
2007

Composição:
100% Cabernet Sauvignon 

Teor alcoólico:
13% 

Envelhecimento:
3 meses em carvalho

Mais sobre a Cantine Casa Bella:

Até o início do século IX, a Casa Bella Ziano Piacentino era propriedade da família Montemartini Ziano, fundada em Piacenza, província localizada na região Emília-Romagna, no norte da Itália. Em 1991, a fazenda foi adquirida por um pequeno grupo local de moradores apaixonados pela viticultura. Casa Bella totaliza 50 hectares de vinhas que produzem Bonarda, Barbera, Ortrugo, Malvasia, além das principais variedades estrangeiras. No ano de 1998, a empresa comprou outra adega para vinificação situada nos pés de Castell”Arquato, a fim de produzir seus próprios vinhos de Ziano. Sob a direção de Giafranco Rossi, a Cantine Casa Bella comercializa seus vinhos para grande parte dos mercados internacionais.  

Outras Fontes:

http://www.cantinecasabella.com/