CADASTRE-SE AINDA HOJE E GANHE R$10*

Mauricio Szapiro e Erik Nako,
curadores de vinho e gastronomia

Aproveite os melhores vinhos e produtos gastronômicos do mercado, selecionados por chefs e sommeliers tão apaixonados pela boa mesa como você.


Quero me cadastrar

Já é cadastrado?
Faça seu login

oferta
(11) 3090-6073 / (21) 4042-2446 - Seg. à Sex. das 10h às 19h

Clos la Neuve Rosé – Rosé Passion 2011

De R$ 94,90 por Preço Exclusivo para cadastrados
CADASTRE-SE

Clos la Neuve Rosé – Rosé Passion 2011

Provence • França

Provence, a terra cor de rosa

De R$ 94,90 por



PREÇO EXCLUSIVO PARA CADASTRADOS
Cadastre-se hoje, ganhe R$ 10 de créditos


Com a palavra, a sommelière:

Há algumas semanas fui a uma degustação só de vinhos rosés da Provence, no restaurante Salitre, em Ipanema. Foi um belo jeito de comemorar a chegada da estação mais quente do ano. Dentre tantas opções com ótima relação custo/qualidade apresentadas no evento, o Clos La Neuve me pegou de jeito. 

Não é à toa que a região mais ensolarada da França, a Provence, seja o berço dos vinhos rosés. Historicamente atrelado à região, esse tipo de vinho encontrou lá um clima e um solo perfeito para seu cultivo. Produzido na Appellation d’Origine Protégée (sua nova denominação) Côtes de Provence, o Clos La Neuve possui um sabor mais mineral, pois seus vinhedos estão localizados na região mais alta, aos pés da montanha Sainte-Victoire, inúmeras vezes imortalizada pelo pintor francês Paul Cézanne.

Nessa região, as uvas estão mais protegidas das correntes de vento do Mistral, um fenômeno que costuma assolar as parreiras da região por volta do Outono. Com isso, os vinhos produzidos em Côtes de Provence são mais finos e elegantes que os de outras AOPs. O Clos La Neuve é certamente um bom exemplo disso. Um rosé que, independente do verão, veio pra ficar. 

Notas de Degustação:

É um rosé que veio das regiões mais altas da Provence, logo é explicitamente mineral. Aromas de frutas brancas, especialmente melão e pêssego, um floral bem sutil. Cor bem clarinha, tipo "casca de cebola". Persistência aromática alta, perfume bem gostoso.

Harmonização:

Harmonizamos com uma bruschetta de tomates e alho, além de quiche de camarão. A segunda se adaptou melhor ao paladar mineral que o vinho nos traz. Fico imaginando também como seria bom ter um linguado ou robalo grelhado e peixes brancos menos intensos em sabor. Ou então, uma caldeirada de peixes com molho à base de tomates.

Lolô Riccobene

... é sommelière formada na The Wine School, escola internacional de sommeliers da Jancis Robinson. Há mais de quatro anos dedica-se à enogastronomia, setor pelo qual é apaixonada e em que trabalha por prazer, como costuma dizer.  

Detalhes

O que você recebe:
1 garrafa x 750ml

Safra:
2011

Teor Alcoolico:
12,5%

Composição:
Syrah, Grenache, Cinsault

Mais sobre a Domaine Clos La Neuve:

A propriedade de 40 hectares está localizada em frente à famosa montanha Sainte-Victoire, que tanto inspirou os pintores impressionistas no século XIX. Seus vinhedos de Syrah, Cinsault, Grenache e Cabernet se situam aos pés dos montes Aurélien, na Provence. Protegidas das correntes de vento do Mistral (pela proximidade com a montanha), as uvas amadurecem sem stress para produzir vinhos rosé com grande finesse.  

Outras fontes :

http://www.mercovino.com.br

http://www.closlaneuve.com/

http://www.vinhosdeprovence.com.br/