CADASTRE-SE AINDA HOJE E GANHE R$10*

Mauricio Szapiro e Erik Nako,
curadores de vinho e gastronomia

Aproveite os melhores vinhos e produtos gastronômicos do mercado, selecionados por chefs e sommeliers tão apaixonados pela boa mesa como você.


Quero me cadastrar

Já é cadastrado?
Faça seu login

oferta
(11) 3090-6073 / (21) 4042-2446 - Seg. à Sex. das 10h às 19h

Chianti Clássico Poggio A'Frati DOCG 2006

De R$ 150,00 por Preço Exclusivo para cadastrados
CADASTRE-SE

Chianti Clássico Poggio A'Frati DOCG 2006

Toscana, Chianti • Itália

Um vinho de guarda para se tomar agora

De R$ 150,00 por



ESTA OFERTA ESTÁ ENCERRADA
Cadastre-se hoje, ganhe R$ 10 de créditos


Com a palavra, o sommelier

Faça um exercício quando estiver dirigindo pelas estradas de Chianti, na Toscana. Ao passar por uma vista panorâmica dos vinhedos, pare, saia do carro e coloque as palmas das mãos abertas ao lado dos olhos, como que limitando sua visão. Passeie o seu olhar “restrito”, encontrando as pequenas parcelas do campo, e imagine há quantos anos essa paisagem continua igual. Cem? Duzentos? Talvez trezentos anos? Já imaginou mil?

Pois a Rocca di Castagnoli é uma fazenda agrícola milenar! Tem registros de atividades desde os etruscos, apesar dos primeiros documentos sobre o cultivo de uvas e azeitonas datarem de 940 d.C.

No entanto, apesar de tanta história e muitos anos de vida, a propriedade que mudou pouco ao longo dos anos, hoje adota técnicas moderníssimas no trabalho dos vinhedos e na manipulação das uvas.

No caso deste Chianti Clássico, a maceração das uvas é feita sem os talos por cerca de 10-12 dias, seguidos da fermentação maloláctica em tanques de inox, para, então envelhecer por 15 meses em barricas de carvalho.

Com um corte de sangiovese, colorino e canaiolo, este premiado vinho tem sua melhor expressão se consumido entre três e 10 anos da safra. Ou seja, podemos contar com o seu pleno desempenho na taça.

Notas de degustação

O Rocca di Castagnoli Poggio A'Frati DOCG 2006 tem aromas ótimos de frutas vermelhas maduras, mentol e especiarias. No entanto, é na boca que mais chama a atenção, pela facilidade trazida por um equilíbrio excepcional, levemente mineral no fim.

Harmonização:

Procure casar este vinho com: carnes brancas, aves e lombos de porco.  Massas com molhos de cogumelos também vão combinar muito bem.

Mauricio Szapiro

... é engenheiro, enófilo e entusiasta. Há mais de 10 anos é membro da ABS-Rio, atua como sommelier, modera grupos de degustação e é autor do “Momentos Divinos”, caderno de anotações e memórias enológicas. Não satisfeito, segue adiante em busca de novos sabores e experiências.

Detalhes

Estilo:
Tinto

Composição:
95% Sangiovese e 5% Canaiolo

Tempo de Barrica:
15 meses

Graduação Alcoólica:
13,5%

Premiação:
3 Bicchieri Guia Gambero Rosso

Safra:
2006

Sobre a região de Chianti

A região do Chianti fica na Toscana, entre Florença e Siena, e é certamente um dos grandes cartões postais da Itália. Conta com várias sub-regiões com microclimas diferentes, sempre trazendo interpretações variadas com base na uva Sangiovese, que gera vinhos muito redondos para se beber, frutados, com corpo médio a leve. Não são necessariamente os melhores vinhos para guardar, mas podem manter suas características por longos anos, desde que bem armazenados.