CADASTRE-SE AINDA HOJE E GANHE R$10*

Mauricio Szapiro e Erik Nako,
curadores de vinho e gastronomia

Aproveite os melhores vinhos e produtos gastronômicos do mercado, selecionados por chefs e sommeliers tão apaixonados pela boa mesa como você.


Quero me cadastrar

Já é cadastrado?
Faça seu login

oferta
(11) 3090-6073 / (21) 4042-2446 - Seg. à Sex. das 10h às 19h

Cava Mestres 1312

De R$ 109,00 por Preço Exclusivo para cadastrados
CADASTRE-SE

Cava Mestres 1312

Penedés • Espanha

Borbulhas espanholas

De R$ 109,00 por



ESTA OFERTA ESTÁ ENCERRADA
Cadastre-se hoje, ganhe R$ 10 de créditos


Com a palavra, o sommelier:

Você já ouviu falar desses nomes esquisitos? Xarel-lo, Parellada e Macabeu, são os nomes das uvas utilizadas para fazer os gostosos Cavas (isso mesmo, no masculino). Está aí um vinho espumante que sempre me encantou, pois apesar de cuidadosamente elaborado à moda champenoise, tem sempre um preço muito atraente. É o caso desta oferta do Selo.

Chamado “champaña” pelos espanhóis, o espumante tira seu nome da palavra “cave”, em catalão. As primeiras menções ao Cava remontam ao final do século 19, portanto, muito posterior ao Champagne de origem francesa. Deve-se a José Raventos, fundador da famosa Codorniu, a arte de introduzir a fermentação já utilizada na França a partir de uvas da Catalunha, que continua sendo o grande trunfo da vitivinicultura local. Cabe lembrar que nem todos os cavas produzidos na Espanha vêm da Catalunha, só que mais de 90% desse espumante é catalão, principalmente da região de Penèdes.

É dessa região que vem o Cava 1312, que recebe esse nome por causa da data de criação de sua produtora, a vinícola Mestre. Para a fabricação do espumante, a colheita deve ser feita manualmente e os cachos destinados à sua elaboração devem ser minuciosamente escolhidos e tratados com muito cuidado. Todos os cavas fabricados na vinícola são elaborados a partir de vinhos envelhecidos em barricas de madeira. Após a primeira fermentação do vinho base, eles passam mais 18 meses em contato com as leveduras dentro da garrafa.

Um espumante tipo cava costuma ser refrescante e gostoso e com uma boa relação custo/qualidade. Na Espanha, ele costuma acompanhar qualquer ocasião de festa ou comemoração, além de ser muito gastronômico. Como os próprios espanhóis afirmam, um cava tem o poder de converter qualquer dia em um dia especial. Só nos resta então brindar!

Notas de degustação:

Ao primeiro olhar da taça, um turbilhão de bolinhas finas, elegantes, em um vinho de cor amarelo palha claro. No nariz, percebem-se as leveduras numa primeira camada e logo aromas frutados e florais, de boa intensidade. Na boca, um elegante gás carbônico, bom corpo e acidez pronunciada.

Harmonização:

Acompanha entradas ou tapas espanholas, azeitonas, canapés, queijos, frios e patês. Também vai bem com saladas, peixes, frutos do mar e cozinha japonesa. 

Mauricio Szapiro

... é engenheiro, enófilo e entusiasta. Há mais de 10 anos é membro da ABS-Rio, atua como sommelier, modera grupos de degustação e é autor do “Momentos Divinos”, caderno de anotações e memórias enológicas. Não satisfeito, segue adiante em busca de novos sabores e experiências.

Detalhes

O que você recebe:
1 garrafa X 750 ml 

Estilo:
Espumante Brut 

Composição:
Macabeu, Xarel-lo, Parellada 

Teor alcoólico:
12% 

Maturação:
18 meses de autólise 

Mais sobre a vinícola Mestres:

A vinícola Mestres surgiu no ano de 1312, quando comercializava uvas, cereais e vinhos. Em 1928, lançou seu primeiro espumante cava e, desde então, vêm se especializando nessa produção. Os cavas Mestres são feitos com vinhedos próprios de variedades autóctones da região de Penedés, como Macabeo, Xarel-lo e Parellada. Hoje, a vinícola possui um reconhecido estilo próprio, fruto de uma filosofia que prioriza um método de produção natural.

Outras Fontes:

http://www.b-cubo.com

http://www.mestres.es