CADASTRE-SE AINDA HOJE E GANHE R$10*

Mauricio Szapiro e Erik Nako,
curadores de vinho e gastronomia

Aproveite os melhores vinhos e produtos gastronômicos do mercado, selecionados por chefs e sommeliers tão apaixonados pela boa mesa como você.


Quero me cadastrar

Já é cadastrado?
Faça seu login

oferta
(11) 3090-6073 / (21) 4042-2446 - Seg. à Sex. das 10h às 19h

Calvulcura Grand Vin

De R$ 146,00 por Preço Exclusivo para cadastrados
CADASTRE-SE

Calvulcura Grand Vin

Mendoza • Argentina

Um vinho que faz a diferença

De R$ 146,00 por



ESTA OFERTA ESTÁ ENCERRADA
Cadastre-se hoje, ganhe R$ 10 de créditos


Com a palavra, o sommelier:

“Que vinho! Dá quase para se mastigar!”, foi o que escutei quando começou a prova desse vinho em uma tarde muito gostosa no Selo Reserva. O nosso amigo Alexandre Kaufman, com seu DNA de grande degustador, já tinha avisado que naquela garrafa não estava mais um vinho de Mendoza, e sim uma demonstração surpreendente dos vinhos da região. E se não bastassem todas as boas condições naturais, ele ainda contou com a consultoria do mago, daquele que é considerado o maior especialista do mundo em vinhos de corte, Michel Roland.

Para começar, ao contrário da maioria dos vinhos locais, o Calvulcura não tem Malbec no seu corte. É composto por 60% de Merlot e 40% de Cabernet Sauvignon, plantadas em uma altitude de 1000 metros. Além disso, este rótulo representa fielmente as qualidades naturais que o terroir de Vista Flores pode oferecer.

A província de Vista Flores está localizada a oeste do Vale do Uco, em direção às encostas íngremes do sopé dos Andes. A região é cortada pelo rio Tunuyan, originário do degelo andino, que flui no sentido norte de Mendoza, muito importante para fornecer a irrigação das vinhas e amenizar o clima continental seco do local. Vista Flores tem atraído a atenção de enólogos internacionais, principalmente, nomes de peso, como: Lurton, Dassault, Rothschild, Rolland, entre outros.  

A produtora Antucura adotou um manejo responsável dos seus vinhedos, visando reduzir ao mínimo a utilização de produtos que prejudiquem a fauna e flora da região. Essa relação de respeito com o meio ambiente permite alcançar a melhor matéria prima desejada para se produzir vinhos de alta qualidade. Posso dizer que esse rótulo representa fielmente as melhores qualidades naturais que o terroir de Vista Flores pode oferecer.

Notas de degustação
De cor escura, amplo no nariz, apresenta aromas de frutas vermelhas em calda, como ameixa e morango, além de caramelo, baunilha, especiarias, tudo sob uma elegante capa de evolução. Na boca, é quente, porém equilibrado, com boa acidez e bom ataque, longo. Volumoso.

Harmonização
Uma boa pedida para harmonizar com massa e molhos fortes. Ou então experimente com comidas densas; e me atrevo também a sugerir algumas sobremesas.

Mauricio Szapiro

... é engenheiro, enófilo e entusiasta. Há mais de 10 anos é membro da ABS-Rio, atua como sommelier, modera grupos de degustação e é autor do “Momentos Divinos”, caderno de anotações e memórias enológicas. Não satisfeito, segue adiante em busca de novos sabores e experiências.

Detalhes

O que você recebe:
1 garrafa X 750 ml

Estilo:
Tinto

Safra:
2005

Composição:
60% Merlot e 40% Cabernet Sauvignon

Teor alcoólico:
15%

Envelhecimento:
12 meses em barricas de carvalho

Premiação:
91 RP (Robert Parker)

Mais sobre a Bodega Antucura:

A tradução da palavra Antucura, na língua mapuche, significa “Pedra do Sol”. Motivada pelo trabalho e a paixão em renovar o vinculo com a terra, Anne Caroline Biancheri é a responsável por administrar a Bodega Antucura, localizada no distrito de Vista Flores, no Vale de Uco, Mendoza. As principais variedades cultivadas pela bodega são: Malbec, Syrah, Petit Verdot, Cabernet Franc, Cabernet Sauvignon e Merlot. Além de vinhos, a bodega oferece serviço de hotelaria para os turistas que estão de passagem pela Rota dos Vinos de Mendoza.

Outras Fontes:
http://www.antucura.com/