CADASTRE-SE AINDA HOJE E GANHE R$10*

Mauricio Szapiro e Erik Nako,
curadores de vinho e gastronomia

Aproveite os melhores vinhos e produtos gastronômicos do mercado, selecionados por chefs e sommeliers tão apaixonados pela boa mesa como você.


Quero me cadastrar

Já é cadastrado?
Faça seu login

oferta
(11) 3090-6073 / (21) 4042-2446 - Seg. à Sex. das 10h às 19h

Café Dona Mathilde sachês (20 unid.)

De R$ 38,90 por Preço Exclusivo para cadastrados
CADASTRE-SE

Café Dona Mathilde sachês (20 unid.)

São Sebastião da Grama - SP • Brasil

Feito em casa com sabor e aroma profissionais

De R$ 38,90 por



ESTA OFERTA ESTÁ ENCERRADA
Cadastre-se hoje, ganhe R$ 10 de créditos


Com a palavra, o chef:

Durante muito tempo, a máquina de expresso foi negligenciada no Brasil. Criada na Itália, em 1884, demorou a emplacar em terras tupiniquins. Claro que costuma ser um eletrodoméstico caro, mas hoje já existem modelos acessíveis tanto para o mercado doméstico, quanto profissional, que nos permite aproveitar ao máximo todos os aromas que o café nos proporciona. Nessas máquinas, a alta temperatura e a pressão da água agem nos grãos de forma a extrair mais sabor e aroma do pó, elevando o café a um outro nível. Não tenho nada contra o café de filtro, pelo contrário, tomo frequentemente e gosto. No entanto, a máquina de expresso permitiu que percebêssemos uma infinidade de aromas e sabores que antes não conhecíamos. Nos tornamos mais exigentes e passamos a sentir sutilezas e também imperfeições, que antes não notávamos.

Se você tem uma máquina de expresso, provavelmente sabe que para obter um bom uso dela vários fatores estão envolvidos; por exemplo, a moagem dos grãos, a quantidade de pó e a compactação do mesmo no filtro. Todos esses fatores influenciam a qualidade da bebida pronta. Assim, uma solução bem prática é fazer o uso de café em sachês. Nessa caixa de 20 sachês do Café Dona Mathilde, a equipe que o produz - da fazenda Recreio - já adiantou o processo e resolveu alguns desses problemas: o pó é moído e compactado na medida certa. E se existe alguma preocupação sobre a perda do aroma no café moído muito tempo antes, não se preocupe. Os sachês são embalados um a um e em cada embalagem é injetado nitrogênio, a fim de manter a qualidade até o momento exato de se tirar o café.

Cada sachê corresponde exatamente a uma dose, que pode ser tirada curta, normal, longa ou no estilo americano. O creme, o corpo, o aroma e a doçura são perfeitos, dignos de um café gourmet de verdade.

Mais sobre o café Arábica:

Originário da Etiópia, o café tipo Arábica é rico em aromas, muito perfumado, doce, levemente ácido e apresenta uma taxa de cafeína com média de 1,4%. O habitat ideal para o cultivo destes grãos situa-se entre 600 a 2000 metros de altitude, pois quanto mais alto, mais chances de se obter grãos de excelente qualidade. Hoje, essa variedade representa três quartos da produção mundial e é, sem dúvida, o tipo mais valorizado de café no mundo.

Cristiano Lanna

... vive entre livros, panelas e taças. Depois de se formar em engenharia, o chef se entregou de vez a paixão pela gastronomia e aos poucos foi estendendo seus conhecimentos para mundo dos vinhos. Com toda essa experiência, se tornou chef e sócio do bar italiano Prima Bruschetteria e dá aulas na ABS-Rio.

Detalhes

O que você recebe:
1 caixa com 20 sachês de 6,8g cada. Cada sachê corresponde a uma dose.

Composição:
Blend 100% arábica das variedades: Bourbon Amarelo, Catuaí, Icatu Amarelo e Vermelho e Mundo Novo

Premiações:
Concurso Estadual de Qualidade Café de São Paulo
2008: 1º lugar
2005: 1º lugar

BSCA Cup of Excellence
2009: 3º lugar
2008: 2º lugar

Mais sobre o Café Dona Mathilde:

Lançado em 2005, o café Dona Mathilde é uma justa homenagem à matriarca da família, que viveu 103 anos e criou 11 filhos com amor e dedicação. Ele é produzido na fazenda Recreio, em São Sebastião da Grama, na divisa dos estados de São Paulo e Minas Gerais, próxima a Poços de Caldas (MG). A região é considerada uma das mais nobres regiões produtoras de café de alta qualidade do país. O blend de cafés especiais é produzido com grãos 100% Arábica, com diversos prêmios conquistados ao longo de 7 anos, e tem a garantia de qualidade certificada pela Associação Campeonato Brasileiro de Baristas (ACBB).

Outras Fontes:

http://www.cafedonamathilde.com.br/

http://www.recreioestatecoffee.com.br/port/index.php