CADASTRE-SE AINDA HOJE E GANHE R$10*

Mauricio Szapiro e Erik Nako,
curadores de vinho e gastronomia

Aproveite os melhores vinhos e produtos gastronômicos do mercado, selecionados por chefs e sommeliers tão apaixonados pela boa mesa como você.


Quero me cadastrar

Já é cadastrado?
Faça seu login

oferta
(11) 3090-6073 / (21) 4042-2446 - Seg. à Sex. das 10h às 19h

Bottarga Premium 200g a vácuo

De R$ 99,00 por Preço Exclusivo para cadastrados
CADASTRE-SE

Bottarga Premium 200g a vácuo

Itajaí, Santa Catarina • Brasil

Manifesto a favor das aventuras gastronômicas

De R$ 99,00 por



ESTA OFERTA ESTÁ ENCERRADA
Cadastre-se hoje, ganhe R$ 10 de créditos


Com a palavra, o chef

Dentre as várias maneiras de classificar as pessoas no mundo da gastronomia, eu costumo dividi-lo basicamente em dois tipos de pessoas: os aventureiros e os conservadores.

Aventureiros são aqueles que não negam o desafio, estão sempre dispostos a buscar novos sabores, novas experiências. Ao contrário do que se possa imaginar, não estou falando apenas do cérebro de macaco dos filmes do Indiana Jones, dos espetinhos de escorpião na Tailândia, da carne de iguana no México. Estou sendo flexível e engordando o grupo de conservadores com aquelas pessoas que, apesar de terem crescido em idade, não se permitiram evoluir no paladar. Uma condição que eu chamo de “paladar infantil”. Há quem só coma arroz, feijão e bife, e a simples menção de uma abóbora os faça tremer e esboçar uma careta. Fibras, só nos flocos de milho enriquecidos com vitaminas e ferro do café da manhã.

Qual é, no entanto, a diferença essencial destes dois grupos? Para mim, é uma só: a curiosidade.

É bem provável que, pelo fato de ter clicado neste produto, você já esteja a um passo de entrar na minha classificação de aventureiro. Isso veremos até o fim deste texto. Afinal, se abriu este link e está lendo esse texto até agora, é certo de que quer saber o que é uma bottarga (até que enfim!).

A palavra “bottarga” é a tradução direta de “ovas”, em italiano. Mais especificamente ovas de peixe. Porém, apesar de seu significado literal, é também o nome de uma receita super tradicional, originária da Sardenha, em que ovas de tainha ou de atum são curadas e secas. Este processo de salga e conservação dá vida a uma das iguarias mais famosas e caras da Itália. Cara, não apenas pelo trabalho que dá, mas também pela sazonalidade e pelo fato de que, cada vez mais, há menos peixes no mundo.

Não à toa, o produto nunca foi de bater ponto pelas mesas brasileiras. Além de caro e de difícil acesso, quando alguém resolve experimentar, surge outra dificuldade: o que fazer com ele?

Chegou a hora de provar que é aventureiro. Há alguns anos, surgiu no Brasil a empresa Caviar do Brasil, em Santa Catarina, que se especializou na produção dessa receita italiana clássica feita com as ovas das tainhas, obtidas no litoral da região, sempre na época certa e de forma sustentável. Deram início à marca Bottarga Gold e são pioneiros na divulgação do produto aqui no país. Uma missão difícil, mas muito nobre.

Afinal, no fim das contas, a bottarga é uma delícia! É sempre produzida sob demanda, o que faz com que o cliente receba em casa sempre o produto fresco, com textura macia e mais suave. Depois de aberto, se não é consumido, segue evoluindo, secando um pouco mais e concentrando seu sabor.

O exemplar desta oferta, a Bottarga Premium 200g, é das maiores que você pode conseguir. São boas para servir em fatias finas (mas não muito), de cerca de um a dois milímetros, sobre entradinhas, bruschettas, cai super bem com ovos (caipiras ou orgânicos, claro), massas e até mesmo aves ou carnes. Como não é algo que eu coma todos os dias, gosto mesmo e de comer com pão, manteiga, para conseguir sentir toda a complexidade de sabores.

Se não consumi-la rápido e, por ventura, esquecê-la na geladeira. Ela vai ficando mais e mais dura e escurecida. Chegou a hora de ralá-la na hora de finalizar uma salada, um risoto ou uma massa de frutos do mar.

A bottarga é um daqueles ingredientes polêmicos, de sabor forte e cheio de identidade. É para poucos, para os que gostam de explosões salgadas de sabor, mineralidade, típicas de um alicci, ou de arenques salgados e defumados.

Com o tempo, a gente vai definindo, ainda que de forma velada, algumas missões na vida. E uma das minhas certamente é converter alguns conservadores em aventureiros. Não deixe de me dizer se você foi uma dessas pessoas. Abra a mente e a boca para novos sabores. Não se assuste, não se prenda. Viva e aprenda. E aí, de que grupo você faz parte?

Erik Nako

... é acima de tudo um glutão. Chef e sócio do bar italiano Prima Bruschetteria, dá aulas na ABS-Rio e faz viagens enológicas pelo mundo há mais de 10 anos.

Detalhes

Ovas de tainha curadas embaladas a vácuo

O que você recebe:
Embalagem de 200g

Mais sobre a Bottarga Gold

A Caviar Brasil Produtos Alimentícios nasceu em 2009 e é de propriedade da família Fuck, descendente de imigrantes europeus. A marca Bottarga Gold nasceu a partir de um estudo aprofundado acerca do processo de produção das ovas de tainha salgadas e desidratadas. Percebendo que o mercado brasileiro de gastronomia precisava conhecer novos produtos, a Caviar Brasil Alimentos se desenvolveu e adquiriu todas as suas credenciais na fabricação deste produto. A qualidade e regularidade dos produtos permitiu-lhes ser a principal exportadora de ovas de tainha congelada para os países europeus e asiáticos. As matérias primas são selecionadas cuidadosamente com o objetivo de levar ao consumidor brasileiro produtos de excelente qualidade e que, sejam encontrados durante todos os meses do ano.

 

Outras fontes:

www.bottargagold.com