CADASTRE-SE AINDA HOJE E GANHE R$10*

Mauricio Szapiro e Erik Nako,
curadores de vinho e gastronomia

Aproveite os melhores vinhos e produtos gastronômicos do mercado, selecionados por chefs e sommeliers tão apaixonados pela boa mesa como você.


Quero me cadastrar

Já é cadastrado?
Faça seu login

oferta
(11) 3090-6073 / (21) 4042-2446 - Seg. à Sex. das 10h às 19h

Bloc de Foie Gras Labeyrie

De R$ 110,00 por Preço Exclusivo para cadastrados
CADASTRE-SE

Bloc de Foie Gras Labeyrie

Sud-ouest, Aquitaine • França

Um patrimônio da culinária mundial

De R$ 110,00 por



PREÇO EXCLUSIVO PARA CADASTRADOS
Cadastre-se hoje, ganhe R$ 10 de créditos


Com a palavra, o curador:

Verdadeiro ícone da alta gastronomia, ingrediente polêmico da categoria "ame-o ou deixe-o", o foie gras foi elevado à categoria de patrimônio cultural francês. Afinal, é da França que saem 80% da produção mundial. Apesar de ser incomparavelmente mais barato por lá, o foie gras é sem dúvida um item de luxo, não apenas pelo preço, mas também pelo cunho artesanal do seu processo.

O Brasil "descobriu" o fígado de pato (ou ganso) gordo há pouco mais de 20 anos, com a abertura do mercado às importações. Em pouco tempo, alguns produtores surgiram e, hoje em dia, já existem alguns fornecedores nacionais do ingrediente in natura. Ainda assim, é um produto bem proibitivo pois, além de ser caro você comprar um foie gras inteiro (pode pesar entre 500g e 1kg), pouca gente sabe como prepará-lo em casa. Por isso, seu consumo acaba restrito a restaurantes.

Na França, tão ou mais importante que o foie gras fresco, é o mercado de conservas a base do produto. Em todas as lojas, supermercados e boutiques, você o encontra em terrines, mi-cuit, patés, blocs e inteiros, com diferentes temperos e receitas, marinados em Cognac ou Porto, etc. São receitas que pertencem ao universo da charcutaria, que pessoalmente me encantam pelo resultado e pelo princípio histórico de se conservar e não se perder algo tão valioso. Também me agradam pela versatilidade, proporcionando porções menores e com preços fracionados, dando acesso a quem não quer (ou não sabe o que fazer com) um foie gras inteiro na geladeira.

Por isso, enquanto ainda não desenvolvemos este mercado por aqui com nossos produtos nacionais, quem curte ou quem gostaria de provar um bom foie gras, pode aproveitar os produtos da Labeyrie.

A marca francesa possui uma longa experiência na produção de foie gras. “Número 1” na França, seus produtos já viraram referência. O bloc de foie gras Labeyrie é feito com fígado de patos ou gansos, cultivados por pequenos produtores do Sudoeste francês, a principal região produtora dessa iguaria.

Bloc de foie gras de pato

O bloc de foie gras nada mais é que um paté sem adição de outros tipos de carne ou gordura. Basicamente, é o fígado puro, marinado, cozido e emulsionado, para deixá-lo com uma textura bem leve e cremosa. Sugiro servi-lo em temperatura ambiente, para que não fique endurecido, sempre acompanhado de um bom pão.

Harmonização
Notoriamente, o salgado e o "amanteigado" do foie gras pedem combinações agridoces, como geleias, chutneys com bastante especiarias e vinhos de sobremesa. Um Sauterne certamente é o mais clássico, pois o grande polo produtor de foie gras é no Sudoeste da França, nos arredores de Bordeaux. Ainda assim, combinar com um Porto já virou uma tradição.

 

 

Erik Nako

... é acima de tudo um glutão. Chef e sócio do bar italiano Prima Bruschetteria, dá aulas na ABS-Rio e faz viagens enológicas pelo mundo há mais de 10 anos.

Detalhes

O que você recebe:
1 pote x 150g de Bloc de Foie Gras de Pato

Ingredientes:
Fígado de pato, água, sal, aguardente vínica, pimenta branca, açúcar, antioxidante e conservante


Mais sobre a Labeyrie:

Tudo começou em 1946, quando o comerciante Robert Labeyrie se instalou em Bordeaux para vender seus produtos, principalmente, salmão defumado e foie gras. Com o tempo, o negócio foi crescendo e a marca criada por Robert passou a ser referência no mercado. Fiel defensor dos produtores do sudoeste francês, Labeyrie foi um dos principais incentivadores para a criação da Indication Géographique Protégée (IGP) Sud-ouest, um selo de qualidade que divulga a excelência dos produtos dessa região. Além do foie gras produzido no sudoeste, a empresa comercializa salmão defumado das principais regiões frias do mundo, como Noruega, Alaska e Irlanda.  

Outras fontes :

http://www.labeyrie.com

http://www.labeyriepetitsproducteurs.fr/