CADASTRE-SE AINDA HOJE E GANHE R$10*

Mauricio Szapiro e Erik Nako,
curadores de vinho e gastronomia

Aproveite os melhores vinhos e produtos gastronômicos do mercado, selecionados por chefs e sommeliers tão apaixonados pela boa mesa como você.


Quero me cadastrar

Já é cadastrado?
Faça seu login

oferta
(11) 3090-6073 / (21) 4042-2446 - Seg. à Sex. das 10h às 19h

Bafarela Reserva DOC 2007

De R$ 68,00 por Preço Exclusivo para cadastrados
CADASTRE-SE

Bafarela Reserva DOC 2007

Douro • Portugal

Um trabalho de família às margens do Douro

De R$ 68,00 por



ESTA OFERTA ESTÁ ENCERRADA
Cadastre-se hoje, ganhe R$ 10 de créditos


Com a palavra, o sommelier

A produção de vinhos em Portugal é questão de família e, no Douro, a realidade não é diferente. A maior parte dos 33 mil produtores da região é formada por pequenas fazendas que produzem seu próprio vinho. Pensando em fortalecer esses produtores e garantir que as castas autóctones de Portugal fossem preservadas, foi criado o Douro Family Estate, um grupo de quatro famílias produtoras de vinhos de alta qualidade.

Mesmo depois de modernizadas, as vinícolas garantem sua tradição e sua singularidade. Prova disso são os rótulos da Brites Aguiar. Cada safra de cada um dos rótulos apresenta um texto próprio, que fala sobre sua produção e informa o número de garrafas produzidas, além do número da garrafa que você tem às mãos. Tudo elaborado pela matriarca da família, Maria Fernanda Costa Brites, e Manuel António Pacheco Aguiar. Uma forma de mostrar que cada garrafa é única. Deste Bafarela Reserva 2007, por exemplo, foram feitas 20,4 mil garrafas.

A família – que está na região “desde sempre”, como gostam de dizer – possui 190 hectares de terras ao longo do Rio Torto e da Ribeira de Galegos. Até os anos 1960, a principal produção da casa era a de azeite, que ainda é comercializado e cujas oliveiras atingem uma média de idade superior a cem anos. A partir da década de 1970, entretanto, o vinho assumiu a liderança e, hoje, é dividido entre as linhas Bafarela e Brites Aguiar.

Os vinhos da Brites Aguiar vêm para reforçar a sensação que o Douro não é mais para ser lembrado apenas pelo seu vinho do Porto, mas também pelos seus exuberantes vinhos secos. Tudo isto me leva a recomendar este Bafarela 2007, melhor safra dos últimos anos, para ser casado com um cabrito assado, cordeiro etc. Mas tente resistir e deixe-o respirar por uma hora antes de servir, pois certamente valera a pena. E não deixe de acompanhar a evolução completa dos aromas.

 

Notas de degustação:

Este vinho apresenta cor vermelho rubi transparente e brilhante. Ao nariz, um terroir adequado, em que as barricas deixam apenas marcas de elegância. Aromas amplos e deliciosos de frutas maduras. Um cheiro tão bom que dá vontade de passar atrás da orelha! Na boca, é longo e persistente. Certamente um vinho “gastronômico”, para acompanhar grandes pratos.

Harmonização:

Este Bafarela harmoniza bem com uma carne vermelha com pouca gordura, como um filé. Vai ser bem servido também com um javali com purê de castanhas portuguesas. Que tal?

Detalhes

O que você recebe:
1 garrafa X 750ml

Estilo:
Tinto

Safra:
2007

Composição:
Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinta Amarela e Tinta Barroca

Teor alcoólico:
14%

Envelhecimento:
10 meses em barricas de carvalho francês

Mais sobre o Douro

Uma terra de verões escaldantes, de terreno íngreme e rochas cortadas à mão, solos de xisto e granito e a pouca terra que foi levada por diversas gerações até o topo das montanhas misturada a matéria orgânica. É nesse terroir que são vitificadas as uvas do Douro, região ao nordeste de Portugal, um dos países com mais tradição na produção e no consumo de vinhos tintos. O Rio Douro, que dá nome à região, se estende por 927 quilômetros, atravessando à Península Ibérica. Tradicionalmente familiar, existem mais de 30 mil produtores de vinho no Douro e grande parte dessas casas se encontram em propriedades de menos de meio hectare.

 

Outras Fontes:

Douro Family Estates – Quinta do Soque