CADASTRE-SE AINDA HOJE E GANHE R$10*

Mauricio Szapiro e Erik Nako,
curadores de vinho e gastronomia

Aproveite os melhores vinhos e produtos gastronômicos do mercado, selecionados por chefs e sommeliers tão apaixonados pela boa mesa como você.


Quero me cadastrar

Já é cadastrado?
Faça seu login

oferta
(11) 3090-6073 / (21) 4042-2446 - Seg. à Sex. das 10h às 19h

Amiot Guy&Fils Crémant de Bourgogne Rosé Brut

De R$ 102,00 por Preço Exclusivo para cadastrados
CADASTRE-SE

Amiot Guy&Fils Crémant de Bourgogne Rosé Brut

Borgonha • França

O paraíso: champenoise na Borgonha

De R$ 102,00 por



ESTA OFERTA ESTÁ ENCERRADA
Cadastre-se hoje, ganhe R$ 10 de créditos


Com a palavra, o sommelier:

A cerca de 130 quilômetros de onde nascem os borbulhantes champagnes franceses, a Borgonha abriga aproximadamente 240 produtores de crémants, como são chamados os espumantes franceses produzidos fora da região de Champagne (lugar de origem e que dá o nome à famosa bebida). Nascidos principalmente do corte das uvas Pinot Noir e Chardonnay, os crémants de Bourgogne são produzidos pelo método champenoise, que apresenta características artesanais e garante qualidade superior aos vinhos.

A história dos crémants começa no século XIX - em 1822 - quando os irmãos Petiot, negociantes de vinho, contrataram o jovem produtor François-Bazile Hubert que os convence a lançar suas primeiras produções feitas a partir do método champenoise. Um ano após o lançamento - em 1827 - um milhão de garrafas já haviam sido vendidas. Posteriormente, em 1975, o Crémant de Bourgogne recebeu a denominação AOC (Appellation d'Origine Contrôlée).

Enquanto os champagnes são produzidos apenas com uvas Pinot Noir, Chardonnay ou Pinot Meunier, os crémants podem utilizar ainda castas típicas da região em sua produção. O espumante rosado, por exemplo, pode ter assemblage com a uva Gamay, ou então - como no caso deste Amiot Guy&Fils -, pode também ser feito somente com uvas Pinot Noir.

Tomar um Amiot Guy&Fils Crémant de Bourgogne Rosé Brut é um desses prazeres que não devemos nos privar. Seu sabor refrescante remete às tardes frescas da primavera na Borgonha.

Nota de Degustação:

Linda coloração rosa clarinha, fino perlage, é equilibrado e refrescante, com boa acidez. Aromas amplos, com acento frutado e floral.

Harmonização:

Por suas características e frescor, o crémant rosé pode acompanhar ótimos jantares com salmão e peixes em geral. Também serão boas pedidas lagostas, camarões e, por que não, a culinária oriental.

Mauricio Szapiro

... é engenheiro, enófilo e entusiasta. Há mais de 10 anos é membro da ABS-Rio, atua como sommelier, modera grupos de degustação e é autor do “Momentos Divinos”, caderno de anotações e memórias enológicas. Não satisfeito, segue adiante em busca de novos sabores e experiências.

Detalhes

O que você recebe:
1 garrafa X 750 ml

Estilo:
Espumante Rosé Brut

Composição:
100% Pinot Noir

Teor alcoólico:
12%

Guarda:
5 anos

Mais sobre a Amiot Guy:

A família Amiot, que produz vinhos desde 1920, está entre os mais prestigiados produtores de vinhos da Côte de Beaune. Cultivando o solo com respeito ao meio ambiente e de forma tradicional, a Amiot Guy não utilizada máquinas ou tratores para a fabricação dos produtos em seus 12 hectares. Entre os diversos vinhos da casa está o grande Le Montrachet Grand Cru.

Outras Fontes:

www.domaine-amiotguyetfils.com

www.grandcru.com.br